Série B: Ex-Ponte Preta, atacante ganha ação de R$ 380 mil do Paraná

Dois anos depois de deixar o Paraná, o atacante Silvinho ganhou ação na Justiça e irá receber R$ 380 mil

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 14 (AFI) - Dois anos depois de deixar o Paraná, o atacante Silvinho ganhou ação na Justiça e irá receber R$ 380 mil do clube por conta da atrasos salariais. Quem deu a sentença foi a juíza Sibele Rosi Moleta, da 17ª Vara do Trabalho, e não cabe mais recursos.

Silvinho defendeu o Paraná em 2018 e cobrou dois meses de salário, três de direitos de imagem, férias e 13º salário proporcionais, além de verbas rescisórias e multa, totalizando R$ 380.400,00. A sentença foi com o valor completo, pois o Paraná não apresentou comprovantes de pagamento.

Como não cabe mais recursos, o valor entrará no Ato Trabalhista, que é uma intervenção judicial que destina 20% do orçamento do clube para pagamentos de dívidas trabalhistas. Essa intervenção, porém, precisa ser renovada.

CARREIRA

No Paraná, Silvinho fez 30 jogos e marcou três gols. Com 30 anos, está atualmente no Albirex Niigata, do Japão.

Revelado pelo Corinthians, passou por vários times do interior paulista, como Marília, Comercial, Bragantino, Penapolense, Monte Azul, entre outros.

Em 2013, fez 13 jogos com a camisa do São Paulo. Também teve diversas passagens em Santa Catarina, como Criciúma, Joinville e Chapecoense.

PASSAGENS NA PONTE PRETA

Silvinho também ficou conhecido em Campinas por ter defendido a Ponte Preta em duas oportunidades. Em 2014, fez 14 partidas e marcou dois gols. Quatro anos depois, em 2018, fez mais 19 jogos, mas passou em branco.

Neymar marca em retorno, e PSG é campeão da Supercopa da França:

Espaço incorporado por HTML (embed)