Técnico do Paraná joga aberto após derrota: "Excesso de confiança"

Apesar do tropeço, o Paraná se manteve na liderança com 17 pontos

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 10 (AFI) - O famoso salto alto. Em outras palavras, o técnico Allan Aal opinou sobre o motivo da derrota do Paraná, por 1 a 0, para o América-MG em pleno Durival de Brito, em Curitiba, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

"A gente entrou com um pouquinho de excesso de confiança, achando que poderia fazer o gol a qualquer momento e acabou pagando o preço. Além disso, quando um ou dois jogadores não estão em uma noite inspirada e de qualidade técnica, a equipe consegue responder. Agora, falei para eles, se a gente for analisar, com exceção do Alisson, do 2 ao 23, não rendeu nem metade do que pode render", disse ele.

Salto alto tricolor. (Foto: Rui Santos / Paraná)
Salto alto tricolor. (Foto: Rui Santos / Paraná)
Apesar do tropeço, o Paraná se manteve na liderança com 17 pontos, mas poderá ser ultrapassado ainda nesta sexta-feira pela Ponte Preta. O Tricolor voltará a campo na segunda-feira para encarar o CRB, às 20 horas, novamente em Curitiba.

"Não muda nada a confiança que a gente tem nos atletas, no trabalho. É um campeonato longo, obviamente que a gente quer ganhar todas as partidas, mas esse tipo de situação vai acontecer. Espero que aconteça o menos possível. Infelizmente foi uma noite que a gente jogaria duas noites e dois dias e dificilmente iria criar uma situação que pudesse reverter o placar adverso", finalizou.