Matheus Costa desabafa sobre campanha do Paraná: "Muitos não acreditam no acesso"

O treinador não se sente abraçado pela torcida nesta caminhada do clube na Série B

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 01 (AFI) - O técnico Matheus Costa está incomodado com as críticas que vem recebendo no comando do Paraná. O treinador vê com frustração alguns protestos apesar da boa campanha do time na Série B do Campeonato Brasileiro. Hoje, o Tricolor tem 47 pontos, muito próximo da zona de acesso à elite do futebol brasileiro.

“Nossos 41 atletas estão com vontade de conseguir o acesso. Sei que tem um grupo grande de torcedores que me apoiam, mas muitos que não. Considero inadmissível o campeonato todo, o Paraná Clube sempre a dois ou três pontos do G4, vir jogar na Vila Capanema e ter faixa ‘fora Matheus’”, desabafou o treinador.

SITUAÇÃO
Apesar dos altos e baixos ao longo da competição, o Paraná sempre se manteve próximo do G-4. O Tricolor seca seus rivais para se manter com possibilidade de entrar no setor na próxima rodada. Na segunda, o time paranaense derrotou o Londrina, por 1 a 0, na Vila Capanema.

Matheus Costa desabafou. Foto: Rui Santos - Rui Santos
Matheus Costa desabafou. Foto: Rui Santos
“Alguns falaram, no início do ano, que íamos cair ou no máximo brigar para não cair. São muitas críticas a mim, mas ninguém sabe o que eu faço por esse clube, poucas pessoas sabem o quanto eu me dedico”, completou.

O Paraná tem uma média de público de um pouco mais de 4 mil torcedores na Série B. O duelo que recebeu mais pessoas foi diante do Coritiba, quando 11.215 torcedores estiveram na Vila Capanema.