Zagueiro Renê Santos assume: “Acho que não tem mais como salvar o Paraná”

O jogador, no entanto, garantiu que todo o time seguirá tentando até que não exista mais nenhuma possibilidade de tirar o time do Z4

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 12 (AFI) – A situação do Paraná é delicada. Com 16 pontos, o time tricolor está a oito de deixar a zona de rebaixamento. Os números jogam contra a equipe e alguns jogadores praticamente jogaram a toalha. O zagueiro Renê Santos, por exemplo, afirmou ser muito difícil salvar a equipe da Série B.

“É difícil. Enquanto tiver chance, vamos trabalhar duro e buscar os resultados. Mas, se parar para pensar, acho que não tem mais como tirar o Paraná da zona de rebaixamento. É o momento de tirar força da onde não tem”, afirmou o atleta, que completou.

Renê Santos fala da dificuldade de tirar o Paraná do descenso - Divulgação/Paraná Clube
Renê Santos fala da dificuldade de tirar o Paraná do descenso
“Não vi em nenhum momento algum jogador falar que já estamos rebaixados. Enquanto tiver 1% vamos seguir acreditando. Sabemos que é difícil, mas vamos nos unir e fazer o melhor para o clube nas rodadas que restam. Vontade nunca vai falar”, declarou.

O próximo compromisso do Paraná é neste sábado, às 16h, diante do Grêmio, na Arena do Grêmio, pela 25ª rodada do Brasileirão.

 
 
" />