Em semana de polêmica e desfalcado, Paraná tenta respirar contra o Santos

Com o longo jejum, os paranistas estão na lanterna, com 16 pontos, a oito pontos de distância do Vasco

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 07 (AFI) - Sem vencer há nove jogos no Brasileirão e com problemas de relacionamento nos bastidores, o Paraná tem uma missão difícil neste domingo. No Durival Britto, o time paranaense enfrentará um Santos embalado, em jogo válido pela 24ª rodada, com a missão de conseguir fôlego para seguir vivo na briga contra o rebaixamento.

Com o longo jejum, os paranistas estão na lanterna, com 16 pontos, a oito pontos de distância do Vasco, primeiro time fora do Z4, com 24. O Santos é o décimo, com 28 pontos, e não perde há quatro rodadas, com três vitórias e um empate.

Nesta semana, o Paraná teve um episódio polêmico nos bastidores. Em um áudio vazado do WhatsApp, o lateral-esquerdo Iago fez críticas ao trabalho do executivo de futebol Rodrigo Pastana e ainda disse que o elenco estava com duas folhas de salário atrasadas. Em coletiva na manhã desta sexta-feira, ele se desculpou pelas palavras e desmentiu a questão salarial. “No áudio eu falo, mas estava de cabeça quente, mas não tem”, afirmou.

Foto: Geraldo Bubniak
Foto: Geraldo Bubniak
Na tentativa de evitar um mal-estar ainda maior, a diretoria do clube não puniu Iago, que inclusive será titular neste domingo. De qualquer maneira, o técnico Claudinei Oliveira terá outros problemas para definir a escalação da equipe. O zagueiro Cleber Reis está lesionado, mas não poderia jogar mesmo se não estivesse. Isso porque ele pertence ao Santos e uma cláusula no contrato proíbe que atue contra o time de origem.

Além disso, o meia Leandro Vilela vai cumprir suspensão e o atacante Silvinho segue em recuperação. Com as baixas, Jhonny Lucas e Torito González brigam por uma vaga no meio de campo e Rayan substitui Cleber. Outra mudança pode ser a entrada de Jesiel no lugar de Renê Santos, que é dúvida e será reavaliado pelo departamento médico.

O Tricolor deve ir a campo com Richard; Júnior, René Santos (Jesiel), Rayan, Igor; Torito González (Jhonny Lucas), Alex Santana, Caio Henrique; Nadson, Carlos e Rafael Grampola.

 
 
" />