Claudinei Oliveira lamenta tropeço do Paraná: "A sorte vai virar'

O Tricolor vencia a Chapecoense por 1 a 0, até sofrer o gol de empate em bola parada

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 06 (AFI) - O empate por 1 a 1 com a Chapecoense na noite desta quarta-feira, foi um duro golpe para os tricolores. O Paraná jogava suas fichas no triunfo em casa para interromper o jejum de vitórias e seguir sonhando com a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, os planos tiveram que ser adiados. Tudo por conta de um gol de falta, aos 41 minutos do 2º tempo, que impediu a vitória do Tricolor.

“Foi um castigo. Não começamos bem. Mas, quando simplificamos o jogo, fizemos o gol e controlamos a partida”, analisou o técnico Claudinei Oliveira.

Claudinei Oliveira lamentou o empate diante da Chapecoense - Reprodução/Paraná
Claudinei Oliveira lamentou o empate diante da Chapecoense
“Tivemos algumas chances para definir o jogono segundo tempo. Melhoramos nossa bola parada. Mas, um gol daquela forma é frustrante. Mas, temos que seguir trabalhando. Não falta empenho a esses jogadores e uma hora a sorte vai virar”, concluiu o treinador paranista.

O Paraná segue em situação muito delicada no Brasileirão. O time é apenas o lanterna, com 16 pontos, a oito de deixar a zona de rebaixamento, podendo pior em caso de vitória do Vasco para cima do América-MG nesta quinta-feira.

 
 
" />