Paranaense: Paraná apresenta Alex Santana, ex-Guarani, e Zezinho, ex-Atlético-PR

Zezinho chegou a ser pivô de polêmica quando defendia o Furacão e insinuou que Paraná era pequeno e atrasava salários

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 08 (AFI) – A diretoria do Paraná apresentou, na última sexta-feira, dois reforços para a temporada 2017. Além do já anunciado meia Alex Santana, de 21 anos, o Tricolor também confirmou a chegada do meia Zezinho, de 24 anos, que já defendeu o rival Atlético-PR.

José Luís dos Santos Pinto, o Zezinho, é gaúcho de Uruguaiana e chega para o Tricolor após uma temporada no Ceará. Com um início de carreira promissor no Juventude, quando era colocado no mesmo patamar de Neymar, o meia chegou a ser sondado por times como Inter de Milão-ITA e Manchester City-ING.

Apesar do assédio, optou ainda aos 18 anos pelo Santos, onde não vingou. Nos anos seguintes, defende Bahia e Atlético-PR. E foi pelo Furacão, em 2014, onde viveu uma polêmica com o Paraná. Após eliminar o Tricolor nas quartas do Estadual, ele insinuou que o rival não era grande, que era o terceiro clube da cidade e que ainda não pagava em dia.

“Estou feliz com essa oportunidade que o Paraná está me dando. Tinha outras propostas, mas fiz a escolha pela estrutura e pelo planejamento apresentado. Venho motivado e feliz para conquistar os objetivos para essa temporada”, comentou em sua chegada, adotando outro discurso.

Alex Santana e Zezinho chegam para mudar o meio do Paraná - Foto: Irapitan Costa/Comunicação - PRC
Alex Santana e Zezinho chegam para mudar o meio do Paraná
Também sem brilhar no Atlético, ele perambulou por vários clubes nos últimos anos. Entre os quais, estão Chapecoense, Atlético-GO, Nacional da Madeira-POR e Ceará.

ALEX SANTANA
Alex Paulo Menezes Santana, 21 anos, é do interior paulista, mas foi forjado na base do Internacional. No ano passado, teve papel importante na campanha do acesso do Guarani no Brasileiro da Série C, quando trabalhou com o executivo de futebol tricolor, Rodrigo Pastana.

“Confio no projeto para esta temporada. Chego confiante para buscar títulos e escrever meu nome na história do clube”, disse Alex Santana. “A campanha no Guarani serviu para um amadurecimento. Agora, quero buscar meu espaço no novo clube”, concluiu Alex, que no ano passado atuou mais recuado, mas se define como um meia-ofensivo.

aaa