Alvo da Ponte, Rafael Carioca aciona a Justiça e rescinde com o Paraná

O Paraná é considerado um dos clubes mais 'caloteiros' do futebol brasileiro

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 13 (AFI) – Se de um lado alguns reforços estão sendo apresentados para 2017, outros jogadores, remanescentes do ano passado, dificilmente continuarão no Paraná já para o Campeonato Estadual. É o caso do lateral-esquerdo Rafael Carioca (foto abaixo), que acionou a Justiça e conseguiu, nesta sexta-feira, a rescisão do seu contrato de trabalho.

O clube paranaense não vinha cumprindo muitas das cláusulas do contrato de Rafael. Inclusive deixando de recolher quase um ano do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Por isso, o jogador ingressou com ação no dia 5 de dezembro pedindo a quebra deste vínculo, enumerando ainda mais uma série de irregularidades.

Porém, a Justiça entrou em recesso e só retornou aos trabalhos nesta semana, quando o pedido acabou deferido pelo juiz e o jogador ficou livre para acertar com outro clube. No ano passado a Ponte Preta sondou o lateral-esquerdo, mas não teve sucesso na negociação. Agora pode ser que as partes voltem a negociar. Além do time campineiro, o Ceará foi outro que já teria monitorado a situação de Rafael para este ano.

“Quando entramos com a ação existia o atraso do FGTS de forma clara. Porém, o Paraná, quando acionado pelo Poder Judiciário, pagou o que devia, o que ficou ainda mais comprovado a inadimplência com o Rafael durante o ano de 2016. Então a decisão da rescisão foi acertada por todos os fatos descritos no processo”, disse o advogado do jogador, João Henrique Chiminazzo.

Ouros cinco jogadores do atual elenco tricolor entraram na Justiça para rescindir com o clube. Entre eles está o também lateral Fernandes, que também enumerou uma série de irregularidades durante o período que vestiu a camisa do Paraná e recentemente foi anunciado pelo Botafogo, de João Pessoa.

O Paraná estreia na temporada no próximo dia 25, quando recebe o Avaí, em Curitiba, pela primeira rodada da Primeira Liga.

aaa