Série B: Alisson e Thiago Humberto deixam o Paraná sem receberem salários

O Paraná atrasou quase todos os salários dos jogadores durante a temporada

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 20 (AFI) – Se dependerem de dívidas e má administração, o Paraná é um dos clubes que mais merecem ser rebaixados para a Série C do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, alegando atrasos salariais, o zagueiro Alisson e o meia-atacante Thiago Humberto pediram dispensa do clube paranaense.

Antes dos dois jogadores, o atacante Arthur e o volante Cambará já tinham sido liberados e inclusive já acertaram com clubes paulistas para a próxima temporada. O motivo é sempre o mesmo: mais de três meses de salários atrasados.

Durante toda a temporada o elenco do Paraná parou para fazer greve por diversas vezes exigindo pagamento de salários atrasados. Após a chegada do técnico Ricardinho, foi prometido que os compromissos seriam melhores cumpridos, o que não aconteceu e gerou ainda mais ira nos jogadores.

Thiago Humberto não é mais jogador do Paraná
Thiago Humberto não é mais jogador do Paraná
Diante da péssima situação financeira, o clube não corre mais riscos de rebaixamento, mas frequentou durante toda a Série B a parte debaixo da classificação. O Tricolor é o 12º colocado, com 47 pontos.

JOGO CONTRA O BRAGANTINO
Tentando deixar os problemas extra-campo de campo, o Paraná volta a campo nesta sexta-feira, às 21 horas, para enfrentar o Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O treinador Ricardinho tem que quebrar muito a cabeça para escalar o onze inicial, já que no total, ele tem dez desfalques.

Os jogadores que estão suspensos são: o zagueiro Alef, o volante Edson Sitta, o meia-atacante Thiaguinho e o meia Lúcio Flávio, considerado o principal destaque da equipe na Série B do brasileiro. Os outros seis atletas que ficarão de fora contra o Bragantino estão entregues ao Departamento Médico do clube.

Sendo assim, o treinador tem apenas 17 jogadores do elenco à disposição para o confronto desta sexta-feira. No setor de criação, Henrique, Leandro Vilela e Pedro Castro disputam a vaga.

O Tricolor deve ir a campo com Marcos; Auremir, Cleiton, Anderson Rosa (Jean) e Yan; Jean (Marcos Serrato), Ricardinho, Leandro Vilela e Henrique (Pedro Castro); Tiago Alves e Giancarlo (Léo Mineiro).

 
 
" />