Com ex-Ponte Preta e Guarani, confira quais são os técnicos do Campeonato Paraibano

Duas partidas serão realizadas às 20h15 desta terça-feira, dando início à disputa pelo título estadual

por Agência Futebol Interior

João Pessoa, PB, 20 (AFI) - O Campeonato Paraibano começa nesta terça-feira, quando, às 20h15, o Botafogo recebe o São Paulo Crystal e o Sousa visita o Perilima. Pensando nisso, o Portal Futebol Interior traz a lista dos 10 treinadores que vão tentar o título estadual.

Um dos favoritos, aliás, é o Botafogo. Atual tricampeão paraibano e vice da Copa do Nordeste, o Alvinegro da Estrela Vermelha está com Evaristo Piza desde a reta final da Série C de 2018. Ele foi campeão paulista da Série A2 de 2014 pelo Capivariano, quando dirigiu o Guarani.

Outro que comandou uma equipe de Campinas é Celso Teixeira. Ele teve uma passagem pela Ponte Preta no final dos anos 1990 e retornou para o Treze no início de agosto da temporada passada, quando ajudou o Galo da Borborema a se livrar do rebaixamento na Série C.

Fechando o trio de principais postulante, o Campinense, cujo treinador será Oliveira Canindé. Ele foi apresentado na função no começo de setembro e tem a responsabilidade de tentar dar o título à Raposa, que está longe da primeira colocação desde 2016.

Evaristo Piza
Evaristo Piza
REGULAMENTO
O Campeonato Paraibano manteve o mesmo formato da última temporada. Na primeira fase, os dez clubes participantes foram divididos em dois grupos de cinco, mas enfrentam apenas adversários da outra chaves.

Assim, após dez rodadas, enquanto o lanterna de cada grupo será rebaixado, os dois melhores de cada chave avançam às semifinais. No mata-mata, a equipe de melhor campanha recebe a segunda partida. No entanto, empate no placar agregado após 180 minutos levará a disputa para as penalidades máximas. O Estadual da Paraíba oferece uma vaga à Copa do Nordeste e duas à Copa do Brasil e ao Campeonato Brasileiro da Série D.

CONFIRA OS TÉCNICOS DO CAMPEONATO PARAIBANO
Atlético Cajazeiras:
Ederson Araújo
Botafogo: Evaristo Piza
Campinense: Oliveira Canindé
CSP: Josivaldo Alves
Nacional: Rafael Soriano
Perilima: Arthur Bernardes
São Paulo Crystal: Índio Ferreira
Sousa:Givanildo Sales
Sport Lagoa Seca:Jânio Fialho
Treze: Celso Teixeira