PB: STJD determina e Treze é declarado bicampeão estadual

O julgamento ocorreu nesta quinta-feira e FPF homologou a conquista do Galo

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 30 (AFI) – A decisão foi no tribunal, mas o Campeonato Paraibano conheceu seu campeão na tarde desta quinta-feira. Trata-se do Treze, que foi declarado vencedor após julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Tribunal determinou, por unanimidade, que a Federação Paraibana de Futebol (FPF) homologasse o título do Galo, conquistado com os dois empates contra o Campinense pelas finais da segunda fase da competição. Como já havia vencido a primeira fase, o alvinegro sagrou-se campeão de 2011.

Com a decisão, o Treze conquistou seu 15º título estadual, sendo bicampeão neste ano, uma vez que o time também conquistou o Campeonato em 2010. Além disso, o clube poderá garantir a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro como representante Paraíbano. O prazo concedido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para indicação de clubes já terminou, mas, segundo a presidente da FPF, Rosilene Gomes, Ricardo Teixeira garantiu que aceitaria a indicação até dias antes do início do campeonato.

Com isso, se em dez dias todas as procidências necessárias para fazer valer a decisão do STJD forem tomadas, o Galo poderá oficializar a sua participação na Quarta Divisão do futebol nacional. A competição começará no próximo dia 17 de julho e o Treze poderá entrar no Grupo 4, ao lado de Bahia de Feira-BA, Coruripe-AL, River Plate-SE e Vitória da Conquista-BA.

Entenda a confusão no Paraibano
No dia 8 de maio, a equipe do Treze precisava vencer por quatro gols de diferença o Botafogo. O time estava conseguindo oo resultado quando começou uma confusão generalizada. Segundo o processo, os atletas do banco de reservas do Botafogo e seu treinador se começaram uma confusão que culminou com muitas expulsões e teve até agressão ao árbitro.

Após a partida ser reiniciada, dois jogadores do Treze foram retirados de campo sob a alegação de lesão, o que ocasionou o término da partida por não haver número suficiente de atletas, de acordo com a norma da Fifa. Com a possibilidade de punição ao Treze em função da acusação de “cai-cai”, o TJD/PB acolheu o pedido de liminar para suspender as partidas finais do Estadual.

Porém, após esta suspensão, o presidente do STJD, Rubens Approbato, deferiu a liminar, requerida pelo Treze, para que fossem realizadas as partidas finais, o que de fato ocorreu. Inconformado, o Botafogo entrou com nova medida, solicitando a não homologação dos resultados das partidas finais dos jogos entre Treze e Campinense, até decisão final do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB), que acatou o pedido do Botafogo e marcou novas finais, entre o time eo Campinense.

Mas o Treze não deixou por menos e entrou com novo pedido de cancelamento dos jogos entre Botafogo e Campinense, mas desta vez no STJD, que acatou o pedido e determinou o encerramento do Campeonato. Sendo assim o Treze foi declarado Campeão Estadual.

 
 
" />