Paraense: Treinador pede demissão de time que ainda não venceu

Osvaldo Monte Alegre deixou o São Francisco após derrota para o Paragominas, por 5 a 4, na terça-feira

por Agência Futebol Interior

Santarém, PA, 13 (AFI) - A partida isolada realizada na noite da última terça-feira no Colosso do Tapajós resultou na segunda queda de treinador do Campeonato Paraense. Após a derrota para o Paragominas, por 5 a 4, Osvaldo Monte Alegre entregou o cargo no São Francisco.

Ao lado do São Raimundo, o Leão Santareno é o único que ainda não conquistou nenhuma vitória no Campeonato Paraense. Em quatro jogos, o São Francisco somou apenas um ponto e ocupa a lanterna do Grupo A1, cada vez mais próximo do rebaixamento para a Segunda Divisão.

Osvaldo Monte Alegre não é mais treinador do São Francisco
Osvaldo Monte Alegre não é mais treinador do São Francisco
Ainda na saída do gramado, Osvaldo Monte Alegre havia anunciado para a imprensa que entregaria o cargo. Sua saída foi confirmada pelo São Francisco através de uma postagem no twitter pouco tempo depois.

"Vou entregar o cargo no vestiário. Não vou conseguir trabalhar desse jeito. Tentamos corrigir e não corrigimos. Eu falei que se não tivesse resultado positivo iria entregar o cargo, porque não posso aceitar o time desse jeito. Vou sair com honra", afirmou o treinador na sa´da do gramado.

DUELO DOS DESESPERADOS
No início de fevereiro, Vladmir de Jesus pediu demissão e o São Raimundo anunciou Éverton Goiano para o seu lugar. O treinador escolhido é um velho conhecido da torcida e estava no Vitória da Conquista-BA.

Os únicos times que tiveram mudanças na comissão técnica são os de piores campanhas no estadual e se enfrentam no domingo, pela quinta rodada do Paraense.

 
 
" />