Reviravolta! Time americano faz 'jogo duro' e não quer vender atacante ao Palmeiras

Apesar do desejo de Valentín 'Taty' Castellanos de aturar no futebol brasileiro, o New York City não quer liberá-lo

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 29 (AFI) - As negociações entre Palmeiras e o New York City, time que joga a MLS dos EUA, pela contratação do atacante Valentín 'Taty' Castellanos, se tornou uma verdadeira novela. Depois do atacante argentino sinalizar que deseja jogar no futebol brasileiro e até pedir para não se relacionado, o time americano voltou atrás e não quer vender o jogador. A informação foi divulgada em primeira mão pela ESPN americana.

"O NYCFC não está surpreso por ter recebido boas ofertas por Taty nesta janela, mas ele não será vendido. Eles o consideram um jogador importante para a equipe. Eles precisam dele e querem mantê-lo", afirmou o canal de TV.

Valentín 'Taty' Castellanos ainda tem seu futuro indefinido
Valentín 'Taty' Castellanos ainda tem seu futuro indefinido
Recentemente, o Palmeiras havia aumentado a proposta para 4 milhões de dólares e apenas aguardava a liberação do New York City FC. Esse valor, que corresponde a R$ 22,4 milhões na cotação atual, é por 70% do passe do atleta. O restante da porcentagem ficaria com o grupo do Manchester City.

O jogador de 22 anos se profissionalizou na Universidad de Chile, onde chegou na categoria sub-19. Depois defendeu o Montevideo City, do Uruguai, que também faz parte do grupo do dono do Manchester City, e, desde 2018, está no New York City FC, dos Estados Unidos, que disputa a Major League Soccer (MLS). Desde então, Taty fez 73 partidas e marcou 19 gols.