Perto do Palmeiras, atacante pede para não jogar mais no New York City

Jogador argentino se reuniu com a diretoria de seu atual clube, New York City, e pediu para não jogar mais até o fim da negociação

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 27 (AFI) - Depois de aumentar a proposta para contar com o atacante Castellanos, o Palmeiras teve mais uma boa notícia. Isso porque o jogador argentino se reuniu com a diretoria de seu atual clube, New York City, e pediu para não jogar mais até o fim da negociação, ressaltando sua vontade de se transferir para o futebol brasileiro.

Recentemente, o alviverde aumentou a proposta para 4 milhões de dólares e aguarda apenas a liberação do New York City FC, dos Estados Unidos.

Esse valor, que corresponde a R$ 22,4 milhões na cotação atual, é por 70% do passe do atleta. O restante da porcentagem ficaria com o grupo do Manchester City

O jogador de 22 anos se profissionalizou na Universidad de Chile, onde chegou na categoria sub-19.

Depois defendeu o Montevideo City, do Uruguai, que também faz parte do grupo do dono do Manchester City, e, desde 2018, está no New York City FC, dos Estados Unidos, que disputa a Major League Soccer (MLS). Desde então, Taty fez 73 partidas e marcou 19 gols.