Em jogo protocolar, Palmeiras recebe o Atlético-GO para aumentar a premiação

Com a cabeça na final da Copa do Brasil, jogo contra o Dragão pode valer como mais um "treino"

por Agência Estado

Campinas, SP, 22 - À espera do fim do Campeonato Brasileiro para iniciar a decisão da Copa do Brasil, o Palmeiras recebe nesta segunda-feira, às 18 horas, o Atlético-GO, no Allianz Parque.

As duas equipes têm poucas ambições nesta fase final da competição, mas pelo lado alviverde uma motivação está em terminar na melhor posição possível para conseguir uma premiação mais elevada.

A equipe campeã da Libertadores iniciou a rodada na sexta posição. Se mantiver o posto ao fim do Brasileirão, vai receber o equivalente a R$ 14,2 milhões em premiação. Porém, caso consiga fechar a competição em quinto lugar, o valor sobe para R$ 15,2 milhões.

Por outro lado, se perder a colocação para algum outro concorrente direto, vai embolsar ao fim da temporada R$ 13,3 milhões.

As premiações referentes ao campeonato são pagas de maneira escalonada e diminuem de acordo com a posição dos times. Existe ainda um outro detalhe. Por não ter contrato para TV fechada assinado com a Globo mas sim com a Turner, o Palmeiras recebe uma premiação por posição aproximadamente 40% menor.

Por isso, mesmo se fosse campeão, o time receberia R$ 19 milhões pela conquista em vez de R$ 33 milhões.

Foto: Twitter/Palmeiras
Foto: Twitter/Palmeiras
A posição final do Palmeiras no Brasileirão dependerá também de uma série de confrontos dos outros times envolvidos entre as oito primeiras posições da tabela. Apesar da definição ser importante e do técnico Abel Ferreira cobrar empenho do time nas atuações, o foco nesta semana estará mais voltado à final da Copa do Brasil.

No domingo que vem o time começa a decidir o título contra o Grêmio. O jogo será em Porto Alegre.

Por isso, no fim de semana o trabalho da equipe foi voltado a recuperar atletas, em especial quem está com problemas físicos. O meia Zé Rafael foi preservado dos últimos três jogos, treinou normalmente e pode ser uma novidade. Outro possível retorno é o atacante Wesley.

Recuperado de cirurgia no joelho, ele ficou no banco contra o São Paulo e deve ser acionado para ganhar ritmo.

A preocupação do treinador é como fazer o time render após ter entrado em campo na quarta e na última sexta. "Nós, como equipe, temos de ter um espírito de luta. Contra tudo e contra todos, contra as adversidades. Temos de ter empenho e desempenho", disse.

SÃO PAULO 1 X 1 PALMEIRAS - CONFIRA OS GOLS NO ÚLTIMO DUELO DO VERDÃO!

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Abel não comandará o time. O auxiliar Vitor Castanheira é quem estará na área técnica.