Devastado por desfalques, Palmeiras trava confronto direto com o Fluminense

O time de Abel Fernandes tem mais de dez desfalques, cinco deles por conta do novo coronavírus

por Agência Estado

São Paulo, SP, 14 (AFI) - Um time em ótimo momento, mas com muitos problemas. O Palmeiras vive esse paradoxo para enfrentar o Fluminense, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque, às 21h30. Mesmo com sete vitórias seguidas, a equipe jogará muito preocupada com a quantidade de desfalques e com um surto do novo coronavírus. São mais de dez ausências ao todo, cinco delas provocadas pela pandemia.

O zagueiro Luan e o lateral Gabriel Menino foram os dois primeiros jogadores diagnosticados com a doença. Na sexta-feira, o clube confirmou mais três: o volante Danilo e os atacante Rony e Gabriel Silva. As baixas pressionaram ainda mais o técnico Abel Ferreira a encontrar soluções, pois a lista de baixas já estava grande. São três atletas cedidos para compromissos pelas seleções, fora outros lesionados.

Do time titular, apenas está à disposição para a partida um jogador: Raphael Veiga. Todos os demais estão afastados. Até mesmo os substitutos mais prováveis para a reposição estão com problemas. A dor de cabeça mais recente envolveu o meia Ramires. Flagrado em uma balada, recebeu multa da diretoria por descumprir o protocolo de prevenção e só será escalado caso o teste realizado nesta sexta dê negativo. Se não, será preciso escalar o garoto Quiñonez.

O treinador português teve pouco tempo para administrar tantas baixas. Apesar de um time bastante modificado já ter sido escalado na quarta, contra o Ceará, apenas na sexta foi possível realizar uma atividade tática. O clube apresentou nesta semana dois reforços para defesa (Alan Empereur e o chileno Kuscevic), que podem ser testados no time no decorrer da partida.

A rodada traz a oportunidade de um confronto direto pelas primeiras posições. Em sexto lugar, o Palmeiras enfrenta o adversário que está uma posição acima. A equipe alviverde pode terminar a rodada no G-4 caso vença e o São Paulo no máximo empate fora de casa com o Fortaleza.

O alento para o Palmeiras é que o sufoco pela grande quantidade de desfalques pode se reduzir em breve. O clube vai tentar trazer o mais rápido possível o goleiro Weverton, o zagueiro Gómez e o lateral Viña. Os três jogam pelas Eliminatórias na terça-feira, mas vão ter uma logística especial para voltarem ao Brasil o quanto antes.