Palmeiras recebe o Sport para tentar 1ª vitória no Allianz Parque no Brasileirão

O time de Vanderlei Luxemburgo vive bom momento, mas ainda não venceu em casa na competição

por Agência Estado

São Paulo, SP, 13 (AFI) - Em alta depois de vencer o Corinthians, o Palmeiras quer resolver neste domingo, diante do Sport, um incômodo e persistente problema no Campeonato Brasileiro. A equipe ainda não venceu dentro do Allianz Parque pela competição deste ano e vai em busca deste objetivo, a partir das 19h45, para manter a boa fase, garantir a terceira vitória seguida e viajar com mais tranquilidade para a disputa de mais uma rodada da Copa Libertadores.

Apesar de estar invicto como mandante nesta temporada, o Palmeiras só não está em posição melhor no Brasileirão justamente porque não conseguiu tirar proveito da própria arena. Foram dois empates por 1 a 1 contra Goiás e Inter. A única vitória do time como mandante na competição foi diante do Santos em partida disputada no Morumbi porque o Allianz Parque estava cedido para a realização de um evento drive-in.

Curiosamente o Allianz Parque sempre foi um grande aliado para o Palmeiras desde a inauguração, em novembro de 2014. O estádio recebeu neste ano a instalação do gramado sintético, novidade planejada para a arena conciliar melhor o calendário de jogos e de shows, fora fornecer ao time a chance de impor um estilo de jogo mais leve e rápido. No entanto, as duas atuações no local no Brasileirão estiveram entre as piores do time até aqui.

O Goiás desfalcado por 15 jogadores conseguiu segurar o empate por 1 a 1. Contra o Inter, o Palmeiras jogou mal e só se salvou da derrota no último minuto graças a um gol de cabeça de Luiz Adriano. Caso não tivesse acumulado esses tropeços caseiros, a equipe alviverde teria iniciado a rodada do Brasileirão como líder.

O único invicto da competição pelo menos vai para o jogo contra o Sport em uma situação bastante positiva. A vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians na quinta-feira e o resultado positivo anterior diante do Red Bull Bragantino aliviaram a pressão sobre o técnico Vanderlei Luxemburgo. A tranquilidade vem em momento muito positivo, já que na quarta-feira o time retoma a disputa da Libertadores para enfrentar em La Paz o Bolívar.

"Se parar para pensar tem muita coisa boa acontecendo no meio do caminho. Quem analisar com coerência e critério vai ver que o ano é muito bom", defendeu o treinador. A escalação para o Sport é uma completa incógnita. A equipe deve poupar alguns jogadores mais desgastados para priorizar a partida da Libertadores e escolher os titulares de acordo com análises clínicas.

"Vamos ver agora o que o departamento de ciência vai oferecer para nós sobre a recuperação de cada atleta e vamos analisar quem vai jogar", disse Luxemburgo. No último treino antes da partida, no sábado, Luiz Adriano sentiu uma mialgia na região anterior da coxa esquerda e não participou. Willian deve ser o seu substituto.