Luxemburgo explica Luiz Adriano no banco e diz que busca substituto para Dudu

Sobre o duelo contra o Santo André pelas quartas de final, Luxemburgo previu uma partida difícil

por Agência Estado

São Paulo, SP, 26 (AFI) - Após a virada suada sobre o Água Santa por 2 a 1, neste domingo, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pela rodada final da fase de classificação do Campeonato Paulista, o técnico Vanderlei Luxemburgo reconheceu que o desempenho do Palmeiras ainda está "distante" do ideal após a pausa provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Questionado sobre em que condições o time alviverde chega às quartas de final, o treinador afirmou que ainda está buscando a melhor formação após a quarentena, especialmente com a saída do meia Dudu, que se transferiu ao Al Duhail, do Catar.

"Optei pelo Raphael Veiga. É uma situação que eu ainda estou buscando encontrar, com a saída do Dudu, para jogar junto com o Luiz Adriano, o Lucas Lima e o Willian. Já foi o Veiga, já foi o (Gabriel) Veron, o (Gustavo) Scarpa entrou no jogo hoje (domingo), então vamos buscando uma situação para completar ali", declarou Luxemburgo à TV Palmeiras.

Com a palavra, o professor... (Foto: Fabio Menotti / Palmeiras)
Com a palavra, o professor... (Foto: Fabio Menotti / Palmeiras)

POUPADO!
Sobre a ausência do atacante Luiz Adriano entre os titulares, o técnico palmeirense revelou que o camisa 10 foi poupado devido a uma dor muscular - o atacante saiu do banco de reservas para garantir a vitória já nos minutos finais.

"Eu conversei com o departamento médico. O Luiz Adriano tinha uma dor em um músculo acessório, não era um músculo importante. Poderia jogar e não ter nenhum problema, mas poderia ficar exposto a uma lesão. A conclusão foi que era melhor deixar no banco e, caso precisasse, poderia entrar durante o jogo, como entrou", explicou Luxemburgo.

CLÁSSICO!
Segundo o treinador, o mais importante era sair com a vitória, principalmente após a derrota para o Corinthians na retomada da competição.

"Ainda está distante (o nível ideal de jogo). Estamos começando tudo de novo, 120 dias parado, mais 20 dias para treinar, é complicado. O torcedor está chateado, mas estamos trabalhando e no caminho certo", afirmou.

AVENIDA DIOGO BARBOSA

QUARTAS DE FINAL
Sobre o duelo contra o Santo André pelas quartas de final, Luxemburgo previu uma partida difícil e ressaltou a boa campanha do adversário no Estadual, mas comemorou a condição de mandante.

"Eu disse que o importante era nós ganharmos, sem estarmos preocupados com o resultado. Teríamos que jogar com o Santo André em qualquer lugar. Mas com esse resultado (derrota do concorrente por 3 a 1 para o Ituano), nós jogaremos em casa. Aqui, mesmo sem torcida, nós já conhecemos cada espaço e é um gramado diferente, sintético, o adversário pode sentir um pouco", concluiu.