Atacante do Palmeiras se defende de acusações: 'Não teve agressão'

"A gente já esclareceu para a polícia, vai mostrar com as imagens", afirmou Dudu

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 23 (AFI) - Acusado de agressão por Mallu Ohana, com a qual, entre idas e vindas, tem um relacionamento de 11 anos, Dudu, atacante do Palmeiras, se deslocou voluntariamente, nesta terça-feira, ao 87º Distrito Policial de São Paulo, em Pirituba, para se defender.

"Fiquei sabendo hoje pela manhã que ela estava me acusando, liguei pro meu advogado, a gente veio até a delegacia por vontade própria. Apresentei minha versão do que aconteceu, a delegada escutou, o escrivão escutou", contou o atleta alviverde.

Foto: Reprodução / Grupo Globo
Foto: Reprodução / Grupo Globo

"Já vão chegar algumas imagens que provam que não fiz nada para esclarecer mais ainda. A gente já esclareceu para a polícia, vai mostrar com as imagens, vocês olham aí com a assessoria de imprensa para detalhar melhor. Não teve agressão", encerrou em contato com a imprensa na saída da delegacia.

RELEMBRE O CASO
Mallu Ohana registrou Boletim de Ocorrência contra Dudu, afirmando que, nesta segunda-feira, o atacante a agrediu com socos na cabeça e no peito e puxões de cabelo. Por isso, nesta terça-feira, realizou um exame de corpo de delito no Instituo Médico Legal (IML) e sinalizou que, baseada na Lei Maria da Penha, solicitará medidas de proteção e distanciamento. Em processo de divórcio, eles têm dois filhos.