Florida Cup: Jailson brinca após vitória nos pênaltis: 'Foi pra ver se o coração está bom'

Goleiro foi decisivo nas penalidades diante do Atlético Nacional, da Colômbia

por Agência Estado

São Paulo, SP, 16 - O Palmeiras precisou converter dez pênaltis para vencer o Atlético Nacional, da Colômbia, pelo torneio amistoso Florida Cup, na noite desta quarta-feira (já madrugada de quinta, pelo horário de Brasília).

O time brasileiro teve 100% de aproveitamento nas cobranças e contou com Jailson para defender a batida de Velásquez. Após a partida, o goleiro brincou com o resultado nos pênaltis.

Jailson defendeu pênalti de Velásquez na Florida Cup - César Greco / Ag. Palmeiras
Jailson defendeu pênalti de Velásquez na Florida Cup
"Foi para começar o ano bem, para ver se o coração está bom. Não fizemos um excelente jogo, sabemos que começo de temporada é assim mesmo, com perna pesada e sem ritmo de jogo, mas conseguimos ganhar nos pênaltis e estamos de parabéns", afirmou o goleiro, após empate sem gols no tempo normal e vitória por 10 a 9 nas penalidades.

Caso não defendesse o pênalti de Velásquez, Jailson teria de realizar a 11ª cobrança. O goleiro disse que estava preparado, mas queria pegar a cobrança para encerrar a disputa contra o Atlético Nacional.

"A gente treinou bastante hoje. Se tivesse que bater, eu estava preparado também. Mas estava pensando 'daqui a pouco chega a minha vez, tenho que pegar logo'. No último eu pensei 'vou pegar e acabar'", comentou Jailson.

E AGORA?

Com a vitória nos pênaltis, o Palmeiras somou dois pontos na Florida Cup. A equipe encerra sua participação no torneio amistoso no sábado, contra o New York City.

A primeira partida oficial de 2020 será na próxima quarta-feira, diante do Ituano, pela estreia do Campeonato Paulista.

Mercado da Bola
Palmeiras-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Weverton e Jailson

  • Laterais

    Marcos Rocha, Mayke, Diogo Barbosa e Victor Luis

  • Zagueiros

    Antônio Carlos, Gustavo Gómez, Luan, Vitor Hugo, Pedrão

  • Volantes

    Felipe Melo, Bruno Henrique, Matheus Fernandes, Jean e Ramires

  • Meias

    Gustavo Scarpa, Lucas Lima, Raphael Veiga e Zé Rafael

  • Atacantes

    Artur, Dudu, Deyverson, Carlos Eduardo, Gabriel Veron, Iván Angulo, Luiz Adriano e Willian

  • Técnico

    Vanderlei Luxemburgo