Palmeiras treina com força máxima e deve ter mudança no meio-campo

Thiago Santos é quem deve assumir a vaga de Felipe Melo, que foi suspenso por cinco jogos

por Agência Estado

São Paulo, SP, 05 - O Palmeiras contou com a força máxima nesta terça-feira, na Academia de Futebol, no último treino antes do jogo com o Vasco, nesta quarta, às 21h30, em São Januário, no Rio, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Mano Menezes trabalhou com jogadores que tiveram passagens recentes pelo departamento médico, seja por lesões ou apenas para evitar o desgaste, como os casos de Marcos Rocha, Dudu, Ramires e Luiz Adriano.

Por outro lado, o treinador não vai poder escalar o volante Felipe Melo, suspenso por cinco partidas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após fazer gestos obscenos para a torcida do Santos no clássico do dia 9 de outubro, na Vila Belmiro, onde a equipe da casa venceu por 2 a 0.

Thiago Santos deve ser titular no Palmeiras (Foto: César Greco/Palmeiras)
Thiago Santos deve ser titular no Palmeiras (Foto: César Greco/Palmeiras)
Apesar de o clube prometer que vai recorrer da punição, quem deve assumir a vaga dele nesta partida contra os vascaínos é Thiago Santos.

BOAS NOTÍCIAS
O elenco alviverde encerrou a preparação antes da viagem ao Rio com a presença de todos os jogadores do elenco no gramado. O lateral-direito Marcos Rocha não enfrentou o Ceará no último sábado, no Allianz Parque, por estar com desgaste físico.

Dudu havia sido poupado do treino de segunda pelo mesmo motivo, mas voltou a trabalhar nesta terça. O atacante Luiz Adriano estava com lesão na coxa direita e o meia Ramires, por sua vez, cumpre cronograma final de recuperação de um problema no tendão adutor da coxa direita.

Com todos os jogadores em campo, Mano deve escalar o Palmeiras com poucas alterações em comparação ao time que bateu o Ceará por 1 a 0 na rodada passada.

A formação titular deve ter: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael e Deyverson.

AINDA DÁ?
Com 63 pontos na vice-liderança do Brasileirão, o time alviverde tenta dar continuidade à perseguição ao Flamengo, que tem 71 na primeira posição e nesta quinta-feira encara o Botafogo no clássico marcado para o Engenhão no complemento desta 31ª rodada.

Depois do embate com os vascaínos, os palmeirenses terão pela frente o Corinthians, no sábado, no Pacaembu, pela jornada seguinte do torneio nacional, na qual os flamenguistas enfrentarão o Bahia, no domingo, no Maracanã.