Ídolo do Palmeiras apoia protestos no Chile e distribui empanadas em fila do metrô

Ele chegou a ser tietado por alguns torcedores que estavam na fila, mas não deixou de fazer seu trabalho voluntário nesta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 31 (AFI) O experiente meia Valdívia deixou o chinelinho de lado e entrou de cabeça nos protestos que tomaram conta das ruas do Chile contra o atual governo de Sebástian Piñera. O jogador do Colo-Colo não deu apenas cartão amarelo pelas redes sociais, ele vestiu a 10 e se juntou a milhões de outros chilenos.

Valdíva, ídolo do Palmeiras, foi flagrado pela rede CNN Chile distribuindo empanadas na fila do metrô. Os protestos têm causado atrasos nos serviços públicos. Valdíva estava de boné e não calçava chinelo e nem chuteira, só tênis mesmo.

Valdívia e as empanadas! (Foto: Reprodução)
Valdívia e as empanadas! (Foto: Reprodução)
Ele chegou a ser tietado por alguns torcedores que estavam na fila, mas não deixou de fazer seu trabalho voluntário nesta quinta-feira.

"Muitos me criticaram por não dar minha opinião neste conflito social que vive o país. Queria dizer que pensei muito e estou de acordo e apoio as demandas sociais. E também que o futebol tem dado sinais de união entre as distintas cores para poder chegar a um consenso e uma solução para ter um país melhor", escreveu Valdivia no Instagram.