Moisés afirma que Palmeiras sofre críticas injustas sobre o estilo de jogo

O time foi cobrado de maneira excessiva por parte da torcida e da imprensa para desempenhar um futebol mais bonito em campo

por Agência Estado

São Paulo, SP, 08 - O meia Moisés, do Palmeiras, defendeu nesta sexta-feira o estilo de jogo da equipe. Depois da vitória fora de casa por 2 a 0 sobre o Junior Barranquilla, pela Copa Libertadores, na última quarta-feira, o jogador explicou que o time foi cobrado de maneira excessiva por parte da torcida e da imprensa para desempenhar um futebol mais bonito em campo.

"Uma vitória na Libertadores acalma um pouco. Mas mesmo ganhando de 2 a 0 de um time que é forte, foi vice-campeão da Sul-Americana, se viu mais críticas do que elogios. Tem de ter tranquilidade. Há margem para evoluir, estamos no segundo mês de trabalho", disse o meia nesta sexta-feira. O Palmeiras ganhou a partida na Colômbia com gols de Gustavo Scarpa e Marcos Rocha.

Para Moisés, embora o estilo de jogo do Palmeiras não agrade a todos, o time tem vencido jogos e atuado de acordo com as ordens do técnico Luiz Felipe Scolari. "É a metodologia de jogo. Tem treinador que gosta mais de posse de bola, tem treinador que gosta de um jogo mais agudo, tem quem prefere equilíbrio. O Felipão tem essa metodologia de trabalho há 20 anos", afirmou.

Moisés afirma que Palmeiras sofre críticas injustas sobre o estilo de jogo
Moisés afirma que Palmeiras sofre críticas injustas sobre o estilo de jogo

ENTENDE MUITO
O meia relembrou que mesmo criticado, Felipão é um treinador bastante vitorioso.

"O Felipão nunca foi aquele treinador que montou time que jogasse com posse, com futebol que todos fossem apaixonados. Sempre foi equilibrado defensivamente e ofensivamente, que joga por resultados e títulos. Não à toa é um dos mais vitoriosos do mundo", comentou.

O Palmeiras tem como próximo compromisso o Mirassol, neste sábado, fora de casa, pelo Campeonato Paulista. O time deve ir campo com uma formação bastante modificada, para dar descanso aos titulares que atuaram no meio de semana na Colômbia. O último treino foi na manhã desta sexta-feira, na Academia de Futebol, com os portões fechados.