Felipão aprova postura do Palmeiras em estreia vitoriosa na Libertadores

Para o treinador, o Palmeiras conseguiu ter um desempenho muito bom na defesa e isso ajudou a garantir os três pontos

por Agência Estado

São Paulo, SP, 07 - O técnico Luiz Felipe Scolari aprovou a postura do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Junior Barranquilla, na noite desta quarta-feira, na Colômbia, na estreia da equipe na Copa Libertadores. O treinador garante que o time não sofreu sustos, teve o controle da partida mesmo se manter a posse de bola e iniciou bem sua caminhada em busca do título continental. "Estrategicamente jogamos bem", disse.

Para o treinador, o Palmeiras conseguiu ter um desempenho muito bom na defesa e isso ajudou a garantir os três pontos. "Nós soubemos administrar o resultado. Tivemos muito poucos momentos de dificuldade na nossa área e no nosso gol. Matamos o jogo no momento certo, mesmo não tendo a posse de bola, até porque o Junior não nos oferecia perigo", comentou.

Ele sabia que o Junior Barranquilla, por atuar em seu campo, faria uma pressão, ainda mais depois de sofrer um gol no início da partida. Por isso, o comandante montou sua equipe para contra-atacar, conseguiu suportar a pressão e no final foi agraciado com um gol de Marcos Rocha, nos acréscimos, que garantiu o triunfo por 2 a 0.

Felipão aprova postura do Palmeiras em estreia vitoriosa na Libertadores
Felipão aprova postura do Palmeiras em estreia vitoriosa na Libertadores

"O Junior tentou tomar conta do meio-campo, mas ofensivamente não nos causou dificuldade. Dominou, mas foi do meio para trás. Nos portamos de uma forma razoavelmente boa na defesa e no meio-campo, mas aí o Junior foi nos colocando para trás. Não tivemos uma saída adequada no final do primeiro tempo e no início do segundo para podermos reter essa bola. Só depois que tivemos um pouquinho mais de tranquilidade", disse.

Agora o treinador já começa a pensar no time que enfrenta o Mirassol no sábado, fora de casa, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. A tendência é a de que Felipão coloque em campo uma equipe reserva, até porque na terça-feira o time recebe no Allianz Parque o Melgar, do Peru, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.