Deyverson pega 6 jogos de suspensão por cuspir em rival e desfalca o Palmeiras

A diretoria aplicou nele o pagamento de R$ 350 mil, por considerar a cusparada como negativa à imagem do alviverde

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 11 - O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) determinou nesta segunda-feira a pena de seis partidas de suspensão para o atacante Deyverson, do Palmeiras, por ter cuspido em Richard, do Corinthians, no clássico do último dia 2, pelo Campeonato Paulista. Apesar de o artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) prever uma pena máxima de até 12 partidas para quem cuspir em adversários, os auditores preferiram aplicar ao atleta a punição mínima prevista.

Deyverson compareceu ao julgamento. Em sua defesa, ele argumentou que está arrependido e citou ter recebido uma multa do clube pela expulsão. A diretoria aplicou nele o pagamento de R$ 350 mil, por considerar a cusparada como negativa à imagem do Palmeiras. O jogador até mesmo aceitou a medida e, no depoimento aos auditores, contou ter iniciado sessões com um psicólogo para aprender a se controlar.

Deyverson pega 6 jogos de suspensão por cuspir em rival e desfalca o Palmeiras
Deyverson pega 6 jogos de suspensão por cuspir em rival e desfalca o Palmeiras
Com os seis jogos de suspensão no Campeonato Paulista, Deyverson poderá voltar a atuar pelo clube ainda na primeira fase do Estadual. O atacante não poderá jogar contra Bragantino, Ferroviária, Santos, Ituano, Mirassol e São Paulo.

O retorno ao time estará liberado a partir da última rodada da primeira fase, no confronto com a Ponte Preta.

CASO FELIPÃO
O mesmo julgamento também definiu uma punição leve para o técnico Luiz Felipe Scolari. Denunciado por ter criticado e ofendido o árbitro Luiz Flávio de Oliveira durante o clássico, ele receberá somente uma advertência.

Ao fim da derrota para o Corinthians, o treinador palmeirense disse: "Parabéns! Você é maravilhoso para apitar nossos jogos". A declaração foi relatada em súmula.

 
 
" />