Temor em perder Dudu faz Palmeiras se apressar na busca por pontas

O atacante Carlos Eduardo, ex-Goiás, é um dos nomes que interessam a diretoria

por Agência Estado

São Paulo, SP, 07 - A diretoria do Palmeiras deve trazer nesta janela de transferências mais de um reforço para as pontas. A busca por jogadores que atuem no ataque pelos lados do campo será intensa como forma de se prevenir para uma possível combinação de desfalques.

O temor em perder Dudu para o futebol chinês associado à lesão de Willian deixa o clube em alerta para o começo de 2019.

Dudu, principal destaque do time no Campeonato Brasileiro, pode ser alvo de investidas chinesas pela terceira vez no intervalo de um ano. O clube admite o risco de nas próximas semanas receber uma proposta tentadora de mais de R$ 60 milhões pelo jogador.

Em julho, a posição do Palmeiras foi de recusar. Mas isto pode ser repensado caso uma nova oportunidade se apresente.

Ex-Goiás, o atacante Carlos Eduardo é um dos nomes que pode pintar no Palmeiras
Ex-Goiás, o atacante Carlos Eduardo é um dos nomes que pode pintar no Palmeiras
CONTUNDIDO
Somado a isso, o clube tem uma preocupação com Willian. O atacante foi o jogador que mais atuou na temporada, com 68 partidas, porém sofreu uma grave lesão ao dar o passe para Deyverson marcar o gol do título brasileiro, contra o Vasco.

Um problema nos ligamentos do joelho direito faz Willian ser submetido a uma cirurgia e ter recuperação prevista de seis a nove meses, período que pode lhe deixar fora do primeiro semestre inteiro.

ALERTA LIGADO
O risco de no começo da temporada ficar sem dois atacantes responsáveis por 17 gols na campanha do Brasileiro deixa a diretoria atenta. A função de ponta já era uma carência identificada pelo próprio Palmeiras nos últimos meses, depois da venda de Keno ao futebol do Egito. O clube se viu com uma opção a menos para atletas velozes e dribladores, com características para atuar pelo lado do campo.

Por isso o grande nome para começar a reforçar as opções de pontas é Carlos Eduardo. O atacante revelado pelo Goiás está no Pyramids, do Egito, e já era sondado pelo Palmeiras antes mesmo da ida ao futebol africano. Uma negociação de cerca de R$ 23 milhões pode fazer o clube alviverde começar a diminuir o possível problema a ser enfrentado em 2019.

Nos últimos dias o departamento de futebol continuou com expediente intenso na Academia de Futebol. O técnico Luiz Felipe Scolari e o diretor de futebol Alexandre Mattos tiveram reuniões para discutir planejamento e encontrar possíveis reforços.

 
 
" />