Com segurança reforçada e protesto "silencioso", Bolsonaro assiste festa do Palmeiras

Presidente eleito foi recebido por Leila Pereira e Mauricio Galliote

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 02 (AFI) - Presidente eleito, Bolsonaro deu um tempo na articulação do novo governo para ir até o Allianz Parque, em São Paulo, assistir a festa do título do décimo Campeonato Brasileiro do Palmeiras. Recebido por Leila Pereira, conselheira do Verdão e presidente da Crefisa, ele assistirá o jogo ao lado do mandatário do time paulistano, Maurício Galliote.

NO PARQUE

Bolsonaro deixou o Rio de Janeiro no início da tarde deste domingo e foi direto para o Allianz Parque. Cercado por um grande contingente de segurança e assessores, ele seguiu direto para o camarote, onde posou para foto com Leila Pereira. Ainda é incerta a presença do presidente eleito na entrega da taça.

"Vou ver meu decacampeão entrar em campo hoje. Não sei se vou entregar a taça, isso é com a direção do Palmeiras, estou à disposição da direção do Palmeiras.

Estou honrado com o convite. Estou satisfeito em estar no camarote da presidência", comentou Bolsonaro em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Fora do Allianz Parque, no entanto, Bolsonaro foi alvo de protesto e chamado de "oportunista". Cartazes espalhados pela região do estádio mostravam o presidente eleito com camisas de outros times e enalteceram a história de construção do Palmeiras.

 
 
" />