Palmeiras faz clássico contra o Santos e tenta aumentar distância na liderança

Após a eliminação na Libertadores, o time de Felipão tenta seguir em boa fase no Brasileiro

por Agência Estado

São Paulo, SP, 03 (AFI) - O Palmeiras entra em campo neste sábado para a disputa do clássico contra o Santos, às 19 horas, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com dois objetivos que se misturam. Se vencer, abre sete pontos de vantagem na liderança. De quebra, cura a ressaca pela eliminação na semifinal da Copa Libertadores.

O técnico Luiz Felipe Scolari comandou nesta sexta-feira o último treino antes da partida e poderá relacionar o lateral-direto Marcos Rocha, o lateral (mas que também joga na meia) Jean e ainda o meia Hyoran, que participaram do trabalho e se recuperaram de suas contusões.

USAR O ELENCO
Felipão precisará mesmo usar bem o seu elenco, já que para essa partida o técnico não poderá contar com os laterais Mayke e Diogo Barbosa (foram suspensos pelo STJD), com o meia Moisés, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e ainda com o atacante Willian, que se machucou contra o Boca Juniors e deverá ficar até seis semanas fora do time.

O treinador deverá mudar os zagueiros em relação ao jogo contra o Boca Juniors. Assim, saem Luan e o paraguaio Gustavo Gomes e jogam Edu Dracena e Antônio Carlos. Nas laterais, Victor Luiz jogará na esquerda, enquanto que Marcos Rocha deverá ser o titular pelo lado direito.

Felipe Melo, apesar de ter falhado nos gols que o time sofreu contra o Boca Juniors, deve ser mantido no time, assim como Bruno Henrique. Lucas Lima é outro que segue entre os titulares, Gustavo Scarpa pode jogar mais avançado e Devyerson deverá mais uma vez começar a partida, com o colombiano Borja no banco de reservas. Dudu também tem seu lugar no time mantido.

DÚVIDAS
Sétimo colocado com os mesmos 46 pontos do Atlético-MG, em sexto - na última posição que dá vaga na Libertadores de 2019 -, o Santos poderá contar com o atacante Gabriel, artilheiro do Brasileirão com 16 gols, no clássico. No último treino do time antes do clássico, Cuca contou com o jogador, recuperado de pancada na coxa direita, mas Lucas Veríssimo e Dodô foram desfalques na atividade. Sem a certeza da utilização deles, o treinador confirmou que os dois vão ser relacionados, mas a participação dos dois na partida é incerta.

 
 
" />