Principal garçom do Brasileirão, ídolo do Palmeiras projeta duelo com São Paulo

"Desde o meu primeiro ano aqui, pude contribuir nas conquistas do clube e seguirei focado para lutar por mais títulos", disse Dudu

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 05 (AFI) - Vivendo um momento de decisões na temporada, o Palmeiras conta com o poder de decisão do ídolo Dudu para seguir forte na luta pelos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores da América. Prova disso são os números do camisa 7. Até aqui, ele é o principal garçom da equipe em 2018 e o quarto maior goleador do time no ano.

No último final de semana, por exemplo, o meia-atacante deu dois passes decisivos na vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, se tornou o principal garçom do Brasileirão, com oito assistências, e chegou a 13 na temporada, superando 2016 e 2017, quando deu 12, e igualando 2015, ano do seu recorde.

Ser o maior garçom do Brasileiro, inclusive, não é novidade para o camisa 7. Em 2016, ano em que comandou o Verdão no título do torneio, Dudu terminou a competição como o maior garçom, ao lado do meia Gustavo Scarpa, na época, atleta do Fluminense, com 10 passes para gol.

Na última quarta-feira (3), contra o Colo-Colo, pela Copa Libertadores, Dudu manteve o alto nível de atuação. Abriu o placar com um belo gol em chute de fora da área, sofreu o pênalti, posteriormente anotado por Borja, e foi eleito o melhor jogador em campo. Até o momento, já são 11 bolas na rede em 54 jogos na temporada.

“Me dedico todos os dias e fico feliz em seguir ajudando o Palmeiras, principalmente nessa reta final de temporada. Desde o meu primeiro ano aqui, pude contribuir nas conquistas do clube e seguirei focado para lutar por mais títulos. Trabalho pra manter a regularidade e espero evoluir a cada dia”, declarou o camisa 7, que, nos últimos seis jogos, deu quatro assistências e marcou dois gols.


ARTILHEIRO DOS CLÁSSICOS E TABU NO MORUMBI
Líder do Brasileirão, com 53 pontos, um a mais que o terceiro colocado São Paulo, o Palmeiras visita o Tricolor, no próximo sábado, no Morumbi, pela 28ª rodada da competição nacional. Além de a partida valer a liderança da tabela, o clássico coloca em jogo um grande tabu. O Alviverde não supera o rival no estádio há mais de 16 anos. O último triunfo foi pelo Torneio Rio-São Paulo de 2002, por 4 a 2.

Para superar o São Paulo, manter a ponta da tabela e, de quebra, findar o jejum de vitórias na casa do adversário, o Palmeiras conta com o ótimo retrospecto de Dudu em clássicos. Do atual elenco, ele é o atleta que mais vezes balançou as redes dos três principais rivais.

Desde que chegou ao Verdão, Dudu já disputou 38 clássicos, fez oito gols e deu oito assistências. Se contar somente os Choque-Reis, foram nove atuações, com sete vitórias e apenas duas derrotas, além de três gols e duas assistências.

“Clássico é aquela partida que todo mundo quer jogar, ainda mais quando os dois times vivem bons momentos e brigam por títulos. Tanto Palmeiras como São Paulo chegam fortes e irão sair em busca da vitória. Pode ter certeza de que será uma partida de alto nível e bem equilibrada. Temos que seguir trabalhando da mesma forma pra chegar no sábado e fazer uma boa atuação”, afirmou.

Foto: Divulgação/SEP
Foto: Divulgação/SEP

SEGUNDO GOLEADOR DO PALMEIRAS NO SÉCULO XXI
O gol marcado contra o Colo-Colo, na última quarta-feira, foi o 52º de Dudu pelo Palmeiras. O jogador está a apenas dois tentos de igualar o atacante Vagner Love no topo do ranking da artilharia do clube neste século.

ARTILHEIRO DO PALMEIRAS NA ERA DOS PONTOS CORRIDOS
Dos 52 gols marcados por Dudu, 29 foram pelo Campeonato Brasileiro, o que lhe torna o maior goleador do clube na era dos pontos corridos.

 
 
" />