Final do Paulistão faz Palmeiras quebrar recorde de público da sua arena

A presença superou a marca de 41.008 pessoas que estiveram na vitória do Brasil por 3 a 0 sobre o Chile, nas Eliminatórias em 2017

por Agência Estado

São Paulo, SP, 09 - Se o título não veio, pelo menos um feito fica. O Palmeiras não saiu do Allianz Parque, no domingo, da forma como queria, mas, apesar do vice-campeonato no Paulista, a final com o Corinthians ficará na história da arena. Com 41.227 torcedores, o estádio teve o seu recorde de público e a presença superou a marca de 41.008 pessoas que estiveram no ano passado na vitória do Brasil por 3 a 0 sobre o Chile, no dia 10 de outubro de 2017, pelas Eliminatórias da Copa de 2018.

A arena ficou lotada e com ingressos esgotados para a final. O Palmeiras perdeu para o Corinthians por 1 a 0 no tempo normal, gol de Rodriguinho, e foi superado também nos pênaltis, por 4 a 3. Foi a terceira ocasião em que o Allianz Parque recebeu um jogo que valia título e pela primeira vez o time da casa não se deu bem. Nas outras duas, levou a taça.

Final do Paulistão faz Palmeiras quebrar recorde de público da sua arena
Final do Paulistão faz Palmeiras quebrar recorde de público da sua arena
Essas ocasiões, inclusive, renderam recordes para o clube. Na final da Copa do Brasil de 2015, contra o Santos, a partida teve a renda recorde de R$ 5 milhões. Já no ano seguinte, a equipe bateu a Chapecoense e se tornou campeã brasileira diante de 40.986 torcedores. A marca era até este domingo a de maior público em jogos do Palmeiras no estádio.

A grande concentração de palmeirenses levou a Polícia Militar (PM) a organizar um esquema diferente de segurança. Foram 200 policiais apenas para a área interna do estádio, quantidade bem acima do normal.

 
 
" />