Paulistão: Moisés revela ter oferecido a camisa 10 do Palmeiras para Lucas Lima

Meia afirmou que não joga pelo número da camisa: 'o que importa é o símbolo que carrego no peito'

por Agência Estado

São Paulo, SP, 07 - O meia Moisés por pouco não deixou de usar a camisa 10 do Palmeiras. O jogador contou que na virada do ano passado, o clube chegou a cogitar dar o número para o recém-contratado Lucas Lima e realizou uma consulta a Moisés para evitar um possível ciúme. O reforço atualmente veste a 20.

O diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, chamou Moisés para uma conversa antes do fim do Campeonato Brasileiro, comentou sobre a possível chegada de Lucas Lima e abordou o tema da camisa 10 do Palmeiras.

Meia Moíses, ao lado de Edu Dracena, no treino do Palmeiras desta quarta-feira (Foto: Palmeiras)
Meia Moíses, ao lado de Edu Dracena, no treino do Palmeiras desta quarta-feira (Foto: Palmeiras)

O QUE VALE É O ESCUDO!
"O Alexandre me disse para eu não me preocupar, que a camisa 10 continuaria comigo. Eu até brinquei com ele que visto a camisa do Palmeiras, o símbolo que carrego no peito, e não o número, que para mim é indiferente", afirmou Moisés em entrevista à Rádio Globo. No entanto, apesar de ter se mostrado aberto à troca, o meia manteve o número.

Moisés ganhou a camisa 10 no começo de 2017, após ter disputado a temporada anterior com a 28. Depois de realizar uma pré-temporada diferenciada para evitar lesões, o meia aos poucos terá mais chance para atuar em 2018 e demonstra otimismo com o trabalho do técnico Roger Machado.

SOBRE O TÉCNICO...
"É um treinador muito promissor. Quando a gente enfrentou as equipes dele já via um trabalho muito bem feito, equipes bem montadas. Ele cobra um padrão tático", disse.