Penapolense 0 x 2 Palmeiras - Vitória com sotaque castelhano!

Argentino Cristaldo marcou os dois gols do Verdão no duelo

por Agência Estado

Penápolis, SP, 22 - Mesmo sem Zé Roberto, poupado pela comissão técnica, o Palmeiras bateu o Penapolense por 2 a 0 neste domingo, no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, com destaque para o argentino Cristaldo, autor de dois gols. Principal contratação para a temporada, o meia Dudu perdeu um pênalti.

Com a terceira vitória consecutiva, o Palmeiras segue na liderança do Grupo C, com 12 pontos. Já o Penapolense continua em 5º lugar no Grupo D, com 2 pontos, correndo sérios riscos de rebaixamento.

O JOGO
O Palmeiras começou o primeiro tempo pressionando, com o domínio do jogo. Nos 10 primeiro minutos, foram três chances de gol. Aos cinco minutos, Dudu aproveitou toque errado do Penapolense e passou para Cristaldo. O argentino, porém, demorou para definir a jogada, desperdiçando a oportunidade.

Aos oito minutos, Dudu recebeu pela esquerda e tentou toque de três dedos para Cristaldo, mas Jaílton cortou. Um minuto depois, o Palmeiras quase conseguiu abrir o placar do jogo, quando o meia Alan Patrick driblou dentro da área, puxou para o pé direito e finalizou. A bola, porém, bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 14 minutos, o Palmeiras finalmente conseguiu mandar a bola para o fundo da rede. Cristaldo fez jogada pela esquerda, driblou um adversário e finalizou. O goleiro Leandro Santos defendeu, e Dudu aproveitou o rebote para marcar. Os jogadores até comemoraram, mas o árbitro anulou o gol porque a bola bateu em Cristaldo, que estava impedido.

Cesar Greco/ Agência Palmeiras
O Palmeiras diminuiu o ritmo, mas seguiu dominando o jogo. O time insistiu em ataques pela lateral e conseguiu abrir o placar nos acréscimos. Aos 45 minutos, Cristaldo recebeu bola de Dudu, adiantou, deu carrinho, dividiu com o goleiro e marcou. Foi o quarto gol do atacante em 2015, número que já supera os dois gols marcados nos 19 jogos que disputou em 2014.

Em desvantagem, o Penapolense começou o segundo tempo com duas substituições no meio de campo. Em sua primeira partida em casa com a equipe, o técnico PC Gusmão trocou Rafael Costa por Diego Rosa e Ronaldo Mendes por Wellington Bruno. Mesmo com as trocas, o Palmeiras seguiu pressionando.

Aos cinco minutos, o time alviverde perdeu a chance de marcar o segundo. Em cobrança de pênalti com direito a paradinha, Dudu chutou, mas a bola explodiu no travessão. A penalidade foi cobrada após Jaílton derrubar Allione dentro da área. Dudu foi escolhido pelo técnico Oswaldo de Oliveira para cobrar o pênalti, porque teve um dos melhores aproveitamentos durante os treinos da semana.

Cesar Greco/ Agência Palmeiras
O Palmeiras teve outras chances de balançar a rede novamente. Aos 11 minutos, Allione tabelou com Dudu, que mandou a bola para Cristaldo.O estrangeiro, porém, finalizou fraco. Aos 14, Allione chutou de fora da área no meio campo. O goleiro adversário espalmou perigosamente, mas se recuperou na sequência e agarrou a bola. Aos 19, Allione cabeceou e por pouco não marcou.

Naquele que pode ser considerada o melhor lance na partida para o Penapolense, o time quase empatou. Em contra-ataque rápido, Diego Rosa avançou pela esquerda e finalizou com perigo, mas a bola não entrou. O time até tentou empatar, mas o Palmeiras marcou o segundo aos 33 minutos. Cristaldo invadiu a área pela direita e balançou a rede novamente, garantindo a vitória do Palmeiras.

PRÓXIMOS JOGOS
O próximo desafio do Palmeiras será no sábado, às 18h30, contra o Capivariano. O jogo acontece no Allianz Parque, na capital paulista. No mesmo dia, às 21 horas, o Penapolense enfrenta o Marília no Estádio Bento de Abreu, em Sorocaba.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
6ª rodada
Data
22/02/2015
Horário
18h30
Local
Estádio Tenente Carriço - Penápolis (SP)
Árbitro
Leandro Bizzio Marinho

Renda
R$ 405.215,00
Assistentes
Risser Jarussi Corrêa e Rafael Tadeu Alves de Souza

Público
10.066 pagantes.
Cartões Amarelos
Palmeiras: Dudu, Allione, Leandro Pereira, Robinho, Victor Hugo

Gols
Palmeiras: Cristaldo 45' 1T, Cristaldo 34' 2T
Penapolense
Leandro Santos;
Arnaldo, Jaílton, Gualberto e Denner;
Gilmak, Washington, Rafael Costa (Diego Rosa) e Ronaldo Mendes (Wellington Bruno);
Crislan e Léo Melo (Sérgio Mota)
Técnico: PC.Gusmão
Palmeiras
Fernando Prass;
Lucas, Tobio, Vitor Hugo e João Paulo;
Gabriel, Robinho, Alan Patrick (Victor Luis) e Allione (Rafael Marques);
Dudu e Cristaldo (Leandro Pereira).
Técnico: Oswaldo de Oliveira
 
 
" />