Crise? Craque mostra irritação após ser substituído no Palmeiras

O meia jogou o copa de água no chão quando se dirigia ao banco de reservas

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 06 (AFI) – Contratado como um dos principais jogadores do Campeonato Brasileiro, o meia chileno Valdívia ainda não conseguiu mostrar o seu melhor futebol e isso começa a refletir em seu comportamento. Neste domingo, quando o Palmeiras perdeu para o Cruzeiro por 3 a 2, o jogador mostrou bastante irritação quando foi substituído.

O Mago foi substituído por Tinga durante o segundo tempo e reclamou muito de Felipão. Já senta dono banco de reservas, atirou um copo da água no chão, o que acabou surpreendo todo mundo, pois o meia nunca foi de entrar em conflito com os treinadores.

Depois do jogo, o técnico Felipão declarou que sua função é analisar quem está melhor dentro de campo e fazer as substituições sem se preocupar com as atitudes dos jogadores. Ele também acredita que Valdívia vai melhorar o seu condicionamento físico e ir crescendo aos poucos.

“Eu tenho os parâmetros para fazer minhas substituições. Não preciso puxar a orelha de ninguém. Eu tenho que ter conhecimento sobre o que aconteceu. Pode ser que o jogador queira dar mais que o seu limite. A vontade de jogar pode ser de qualquer um. Mas nós temos de saber qual é o momento de tirar. Se sai bravo ou bicudo, nem me preocupo com isso”, afirmou o comandante alviverde.

Com a derrota, o técnico do Verdão já começa a priorizar a Copa Sul-Americana, deixando o Brasileirão um pouco de lado. O time alviverde se manteve com 24 pontos e é o 12ª colocado, ficando cada vez mais longe dos quatro melhores.