Jogadores confirmam salários atrasados no Palmeiras

Os volantes Marcos Assunção e Márcio Araújo disseram que os jogadores não tem que se preocuparem com assuntos extra-campo

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 30 (AFI) - Se a fase do Palmeiras pode melhorar dentro de campo após a vitória sobre o Atlético-MG, no último domingo, de virada, por 2 a 1, fora dele o clube continua com alguns problemas. Isso porque a diretoria ainda não pagou os direitos de imagem de alguns jogadores.

Apesar do salário atrasado, os jogadores não ligam para isso e ainda dizem que o atraso não influencia quando eles estão dentro de campo jogando. Para o volante Marcos Assunção, os atletas não tem que se preocupar com os problemas extra-campo e devem manter 100% da concentração nas partidas.

"Não temos de pensar no fato de os direitos de imagem estarem atrasados. Temos de jogar. A diretoria está fazendo o máximo de esforço para quitar a dívida. Eles trabalham fora de campo e a gente se esforça dentro dele para vencer", afirmou o jogador, ao canal de televisão SporTV

Na mesma conduta
O também volante, Márcio Araújo, seguiu a mesma conduta de Marcos Assunção. De acordo com ele a diretoria já conversou com o elenco sobre o assunto e garantiu que vai pagar os atrasos o mais rápido possível.

“Esse atraso não vai matar ninguém. Todo mundo aqui ganha muito bem. Tanta gente sofre e passa necessidade. Temos de agradecer pela vida que temos. A gente quer tudo certo, mas não vamos vir aqui e ficar reclamando. A diretoria sabe do débito, mas garantiram que vão pagar”, concluiu Márcio Araújo.