Treinador do PSG afirma que Neymar não merecia expulsão contra o Lille

O comandante do Paris Saint-Germain ainda elogiou a postura do jogador em campo, no sentido de brigar sempre pela vitória

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) - Três dias após a derrota para o Lille, pelo Campeonato Francês, onde o camisa 10 Neymar foi expulso, o treinador Maurício Pochettino voltou a ser perguntado sobre o caso na entrevista coletiva antes da partida do PSG diante do Bayern de Munique, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, que acontecerá nesta quarta-feira (07).

DEFENDEU

Segundo o treinador, Neymar não merecia ser expulso. O comandante do Paris Saint-Germain ainda elogiou a postura do jogador em campo, no sentido de brigar sempre pela vitória e a vontade de jogar.

Foto: Divulgação / PSG
Foto: Divulgação / PSG

"Depois de seis semanas ele estava muito empolgado para começar uma partida. Ele é um jogador emotivo, gosta de jogar, gosta de lutar, é um competidor. Ele não merecia aquele vermelho, foi excluído por vários motivos. Mas ele sabe que tem que se canalizar", afirmou Pochettino.

MUITA VONTADE?

Outro que comentou a expulsão do camisa 10 foi Marquinhos, que deu sua opinião pelo motivo que tirou Neymar de campo. Aos 45 minutos do segundo tempo, Neymar, que já havia recebido cartão amarelo por desentendimentos com a marcação adversária, voltou a ficar irritado, reagiu mais uma vez e acabou expulso de campo.

"Ney, eu o conheço há anos, sabemos que ele é um jogador muito competitivo, se você olhar a ação ele recebeu uma falta, veio buscar a bola, colocou muito empenho. Ele é um grande jogador, está muito motivado, o que aconteceu, aconteceu", disse o companheiro de PSG e seleção.

REVANCHE?

Paris Saint-Germain e Bayern de Munique voltam a se enfrentar pela Liga dos Campeões nesta quarta-feira (07), às 16h, pelas quartas de final da competição continental. A última vez que as equipes se encontraram foi na final da Champions da última temporada, quando os alemães levaram a melhor.