Francês: Liga ouvirá Neymar sobre acusação de racismo em 30 de setembro

O adversário também fez acusações contra o brasileiro por ofensas homofóbicas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 23 (AFI) - A Liga Profissional da França (LFP) marcou para 30 de setembro para ouvir Neymar, do PSG, que acusou o zagueiro Álvaro González, do Olympique de Marselha, de racismo. O adversário também fez acusações contra o brasileiro por ofensas homofóbicas.

Neymar e Álvaro González podem pegar até dez jogos de supensão, em caso de punição máxima. Os clubes cederam imagens e estão colaborando com as autoridades para que o caso seja resolvido.

Fora dos jogos contra Metz e Nica, por suspensão, já que deu um tapa no zagueiro, Neymar deve voltar a campo no domingo, quando o PSG enfrenta o Reims.

DÍ MARIA PUNIDO

Também contra o Olympique, o meia Dí Maria cuspiu no zagueiro Álvaro.

A LFP puniu o jogador argentino, um dos destaques do PSG neste início de temporada, por quatro jogos. Com isso, só retornará ao time a partir de 1º de novembro, contra o Nantes, pela nona rodada.