Com sequência da pandemia, CBDA cancela competições de natação em julho e agosto

"A CBDA, as Federações, os atletas, pais, clubes, treinadores, associações precisaram se reinventar diante da pior epidemia do século"

por Agência Estado

Campinas, SP, 07 - Os desdobramentos da pandemia do novo coronavírus causaram mais consequências para a natação do Brasil. Nesta terça-feira, em um comunicado oficial divulgado em seu site e nas redes sociais, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) anunciou o cancelamento de competições da modalidade nos meses de julho e agosto.

"Depois de conversarmos com os presidentes das federações estaduais, com o corpo médico da CBDA e de analisarmos todo o cenário que a pandemia da covid-19 ainda nos impõe, decidimos, nesta segunda-feira, prorrogar o cancelamento das competições nacionais até o dia 31 de agosto de 2020. O momento é desafiador. A CBDA, as Federações, os atletas, pais, clubes, treinadores, associações precisaram se reinventar diante da pior epidemia do século", informou a nota oficial.

"Ainda sem termos a certeza do controle do vírus e vendo os diferentes cenários nos estados brasileiros, não vemos condições de realizar competições nacionais em condições de igualdade para todos os participantes. Aguardaremos até que todos tenham suas piscinas à disposição e que as rotinas sejam retomadas, mesmo que no considerado 'novo normal'", prosseguiu a CBDA.

De acordo com a entidade, as competições afetadas são o Campeonato Brasileiro Interclubes Absoluto de Natação, mais conhecido como Troféu José Finkel, e o Campeonato Internacional Interfederativo Infantil e Juvenil de Natação - Troféu Chico Piscina, que seria em outubro, estão cancelados. O Planeta Água, inicialmente pensado para o início de agosto, está suspenso.

"Buscaremos realizar o Planeta Água, uma competição que unificaria todas as categorias de idade, em outra data. Cada Federação Estadual fará a análise da sua situação local para, assim que possível, determinar o calendário local, sempre dentro do que for estipulado pelas autoridades estaduais. Assim que tivermos uma definição sobre um eventual ajuste no calendário definido acima, comunicaremos a todos. A todos os nossos amigos e amigas da comunidade aquática: cuidem da saúde de vocês e dos seus, vamos estar mais fortes quando tudo isso passar", encerrou a nota, assinada pelo presidente Luiz Fernando Coelho e pelo diretor-executivo Renato Cordani.