NBA: Golbert aponta falta de paladar e olfato após 12 dias de coronavírus

Ao ser diagnosticado, o pivô do Utah Jazz, de 27 anos, apresentou febre, tosse seca e falta de ar

por Agência Estado

Campinas, SP, 23 - Primeiro jogador a adquirir o coronavírus, Rudy Golbert, pivô do Utah Jazz, postou um vídeo em suas redes sociais no qual faz uma atualização do seu estado de saúde. O jogador francês, que deu positivo para a covid-19 no dia 11 de março, afirmou estar com falta de paladar e olfato.

"Só para atualizar vocês, as perdas de olfato e paladar são definitivamente sintomas, não consigo sentir cheiro de nada há quatro dias. Alguém experimentando a mesma coisa?", escreveu o jogador em sua conta no Twitter.

Golbert aponta falta de paladar e olfato após 12 dias de coronavírus
Golbert aponta falta de paladar e olfato após 12 dias de coronavírus
Ao ser diagnosticado, Gobert, de 27 anos, apresentou febre, tosse seca e falta de ar, mas nos últimos dias outros sintomas estão sendo diagnosticados como a falta de olfato, segundo a Associação Britânica de Otorrinolaringologia.

BRINCADEIRA DE MAL GOSTO
Antes de se submeter ao exame que testou positivo, Golbert brincou durante uma entrevista coletiva e passou a mão em todos os microfones dos repórteres. Após contrair a doença, o jogador pediu desculpas publicamente.

Em seguida, Gobert doou US$ 500 mil (cerca de 2,5 milhões) para os funcionários do Utah Jazz e para a cidade de Oklahoma, onde sua equipe iria jogar pela NBA antes da temporada da principal liga de basquete norte-americana ser adiada.