Luto! Dono do nocaute mais rápido da história, neozelandês morre aos 54 anos

O peso pesado Thunder ficou famoso por nocautear Crawford Grimsley, em março de 1997, após apenas 1s5 segundos de luta

por Agência Estado

Campinas, SP, 13 - O neozelandês James Senio Peau, mais conhecido no mundo do boxe como James Thunder, morreu nesta quarta-feira, aos 54 anos. Ele havia passado recentemente por uma cirurgia para combater um tumor no cérebro.

RECORDISTA

O peso pesado Thunder ficou famoso por nocautear Crawford Grimsley, em março de 1997, após apenas 1s5 segundos de luta. Com a contagem do árbitro, o combate durou 13 segundos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

"Eu precisava ganhar a luta para conseguir comer. Saí direto do ringue para um restaurante", disse o lutador na época do duelo.

Nascido em Samoa, mas morador de Auckland desde a infância, o pugilista chegou a ganhar o torneio que reúne países britânicos em 1986, os Jogos da Commonwealth, em Edimburgo.

CARREIRA

Ele começou a carreira profissional em 1989 e lutou até 2002. Somou 35 vitórias, com 28 nocautes, e 14 derrotas. Conseguiu triunfos importantes diante de ex-campeões mundiais como Tony Tubbs, Tim Whitterspoon e Trevor Berbick.

Casou em 2008, com Iris Whitemagpie e tentou imigrar para os Estados Unidos, mas teve problemas com o visto por causa de uma briga de rua em 2012, em Las Vegas. Morreu dormindo em sua casa na Nova Zelândia.