Seleção feminina de basquete atropela Paraguai e vai à semifinal da Copa América

O destaque do Brasil nesta quarta foi mais uma vez Damiris. A jogadora do Minnesota Lynx, da WNBA, anotou 22 pontos

por Agência Estado

São Paulo, SP, 25 - A seleção brasileira feminina de basquete continua invicta na Copa América, que está sendo disputada em Porto Rico. Nesta quarta-feira, o Brasil superou o Paraguai com facilidade por 101 a 59, no Coliseo Roberto Clemente, na cidade de San Juan, e se garantiu na semifinal da competição.

A equipe do técnico José Neto entra em quadra novamente nesta quinta-feira para fechar sua participação no Grupo B da primeira fase da competição. A seleção brasileira enfrenta os Estados Unidos, às 16h (horário de Brasília).

O destaque do Brasil nesta quarta foi mais uma vez Damiris. A jogadora do Minnesota Lynx, da WNBA, anotou 22 pontos, pegou sete rebotes e distribuiu três assistências. Foram 43,75% de aproveitamento nos arremessos de quadra (7/16), sendo 2/6 nas bolas de três pontos (33,3%).

Outras quatro atletas do Brasil terminaram o jogo com dez ou mais pontos. Tati Pacheco anotou 15, seguida de Isabela Ramona (14), Alana (12) e Patty Teixeira (10).

O JOGO
O Brasil sofreu um pouco no primeiro quarto e no início do segundo, quando o Paraguai chegou a igualar o placar (22 a 22). Depois disso, o time de José Neto anotou 13 pontos seguidos e foi para o intervalo vencendo por 17 pontos (50 a 33).

Seleção avança à semifinal
Seleção avança à semifinal
A terceira parcial foi equilibrada, com vitória das paraguaias no período por 20 a 19. Na última parcial, no entanto, a seleção brasileira teve bom desempenho defensivo, massacrou por 32 a 6 e fechou o jogo com uma vantagem de 42 pontos.

SEMIFINAL
As semifinais acontecem no sábado. A decisão será no domingo. Ao se classificar à próxima, a seleção brasileira já se garantiu no Pré-Olímpico das Américas, que terá dois grupos de quatro equipes e apenas os dois primeiros de cada lado se classificam para um qualificatório olímpico intercontinental com outras 12 seleções, sendo seis da Europa, quatro da Ásia/Oceania e duas da África.