Novo ministro do Esporte, Leandro Cruz promete olhar para o alto rendimento

Ele deixou Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) para assumir pasta no lugar de Leonadro Picciani

por Agência Estado

Brassília, DF, 10 - Leandro Cruz tomou posse nesta terça-feira como novo ministro do Esporte. Ele deixou a Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) para assumir a pasta no lugar de Leonadro Picciani (MDB-RJ).

Picciani havia deixado o cargo de deputado federal em maio de 2016, após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, para assumir o ministério e agora deixou o cargo pois pretende se candidatar a uma vaga no Senado, em outubro.

A cerimônia de posse aconteceu no Palácio do Planalto e contou com a presença do presidente da República, Michel Temer. Durante o evento, outros nove ministros foram empossados.

Novo ministro do Esporte, Leandro Cruz promete olhar para o alto rendimento
Novo ministro do Esporte, Leandro Cruz promete olhar para o alto rendimento
Leandro Cruz agradeceu a confiança e prometeu não deixar de lado o esporte de alto rendimento, que nos últimos dois anos tem tido a verba reduzida.

"Sem deixar de lado o esporte educacional, do lazer e da inclusão social, nós vamos cuidar do alto rendimento, da Lei de Incentivo ao Esporte, do controle de dopagem e de todas as questões que envolvem o Ministério do Esporte".

Leandro Cruz elogiou o trabalho feito por Picciani e disse que o norte de sua atuação será dar continuidade a esse legado.

"Sem dúvida o ministro Leonardo Picciani deixou um belo caminho pavimentado. Resta a nós agora continuar o trabalho com tranquilidade, com transparência, com firmeza", resumiu.

Além de Leandro Cruz, os ministros empossados durante a cerimônia desta terça-feira são: Rossieli Soares (Educação), Alberto Beltrame (Desenvolvimento Social), Eduardo Guardia (Fazenda), Esteves Colnago (Planejamento), Moreira Franco (Minas e Energia), Vinicius Lummertz (Turismo), Antônio de Pádua de Deus (Integração Nacional), Marcos Jorge (Indústria, Comércio Exterior e Serviços) e Helton Yomura (Trabalho).

 
 
" />