Basquete: Sem espaço, Raulzinho é enviado pelo Jazz para a D-League da NBA

O ala/armador Alec Burks foi outro que sofreu com lesões no passado, perdeu espaço na atual temporada e também defenderá o Salt Lake

por Agência Estado

Campinas, SP, 09 - Depois de surpreender e ser um dos destaques brasileiros na temporada passada da NBA, o armador Raulzinho vive realidade bem diferente na edição de 2016/2017. Sem espaço no Utah Jazz, o jogador foi enviado para o Salt Lake City Stars, equipe da franquia na D-League, a liga de desenvolvimento da NBA.

Se chegou a ser titular durante boa parte da temporada passada, na qual atuou em 81 das 82 partidas do Jazz, em 2016/2017 Raulzinho passou a sofrer com a maior concorrência na posição de armador. Por isso, participou de somente 20 dos 39 jogos do Jazz.

São apenas 2,8 pontos, 0,9 rebote e 0,7 assistência por partida, em 7,6 minutos em quadra. Muito pouco, se comparado aos 18,5 minutos que atuava em 2015/2016, com médias de 5,9 pontos, 2,1 assistências e 1,5 rebote.

Isso porque na temporada passada, o Jazz sofria com a falta de um armador experiente e apostou em Raulzinho como titular. Mas a chegada de George Hill no ano passado e a consolidação de Shelvin Mack como segunda opção para a armação tiraram o espaço do brasileiro.

A prova da maior concorrência para o posto de armador do Jazz é que até Dante Exum, quinta escolha do Draft de 2014 e grande esperança da franquia para o futuro, perdeu espaço e também foi encaminhado para a D-League, depois de passar boa parte da temporada passada lesionado.

O ala/armador Alec Burks foi outro que sofreu com lesões no passado, perdeu espaço na atual temporada e também defenderá o Salt Lake City Stars. Em movimento contrário, o Jazz chamou o ala/pivô Joel Bolomboy para integrar seu elenco após um período defendendo a equipe da D-League.

aaa