Tênis: Dimitrov bate Nishikori na final e conquista o Torneio de Brisbane

A grande zebra da competição conquistou o título com vitória por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 2/6 e 6/3

por Agência Estado

Campinas, SP, 08 (AFI) - O búlgaro Grigor Dimitrov conquistou o Torneio de Brisbane, na Austrália, neste domingo. Grande zebra da competição, ele voltou a surpreender na decisão, ao superar o favorito Kei Nishikori, do Japão, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 2/6 e 6/3, em 1h48min de partida.

Sétimo cabeça de chave do torneio, Dimitrov já havia passado por dois tenistas com melhor ranking do que ele em seu caminho até a final. Nas quartas, o 17.º do mundo eliminou o austríaco Dominic Thiem (oitavo), enquanto nas semifinais o triunfo foi sobre o canadense Milos Raonic (terceiro).

O triunfo deste domingo simbolizou o ressurgimento de Dimitrov, que chegou a ser comparado com Roger Federer no início da carreira, emendou uma sequência de títulos em 2014, mas desde então não levantava um troféu. O búlgaro chegou a cair para a 40.ª posição no ranking, antes de crescer novamente em 2016. Somente agora, no entanto, voltou a conquistar um campeonato.

"Isso é bastante emocionante. Este troféu significa muito para mim", exaltou o tenista, que chegou ser número 8 do mundo em seu melhor momento na carreira. O título deste domingo foi apenas o seu quinto no circuito da ATP.

Para conquistá-lo, Dimitrov precisou superar um início ruim de partida, em que teve seu saque ameaçado. Ele, no entanto, arrancou depois para fechar o primeiro set. No segundo, a história se inverteu: Nishikori começou pior, viu seu serviço ser ameaçado, mas se recuperou para fechar.

A partida, então, foi para o desempate. O confronto seguiu equilibrado e sem novas quebras até o oitavo game, quando Dimitrov venceu no serviço de Nishikori, antes de sacar para confirmar o triunfo.

Além da conquista, a vitória deste domingo significou o fim de um tabu para Dimitrov. O búlgaro nunca havia vencido Nishikori, em três confrontos disputados anteriormente. O japonês, aliás, perdeu a chance de ser campeão em sua primeira final em Brisbane, onde foi semifinalista em outras três oportunidades.

aaa