Matheus Costa insinua arbitragem tendenciosa pró-Cruzeiro: "Lamentável"

Na segunda-feira, às 17 horas, o Operário receberá a Chapecoense no Germano Kruger, em Ponta Grossa

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 21 (AFI) - O técnico Matheus Costa não saiu nada satisfeito com a derrota do Operário, por 2 a 1, ante o Cruzeiro pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Não em relação a seus jogadores e, sim, com a arbitragem comandada por Marcelo Aparecida Ribeiro de Souza, da Paraíba.

"Desde o início do jogo, percebemos que seria minado contra nós, que teríamos que jogar não só contra o Cruzeiro, mas também contra a arbitragem. Tenho que parabenizar o nosso grupo pela postura, intensidade e entrega", criticou o treinador.

"Independentemente de onde a gente está jogando, é inaceitável acontecer o que aconteceu aqui hoje: vir aqui, fazer um bom jogo e infelizmente não conquistar o resultado em virtude da arbitragem é uma situação completamente lamentável", completou.

Matheus Costa detona arbitragem. (Foto: José Tramontin / Operário)
Matheus Costa detona arbitragem. (Foto: José Tramontin / Operário)
CONFIANTE!

A derrota freou a recuperação do Operário que mirava o G4. Ainda assim, Matheus Costa acredita que dá, sim, para brigar pelo acesso, uma vez que o clube paranaense está em nono lugar com 51 pontos e a zona de acesso está com 56.

"Eu vejo que o sonho não acabou, porque o Operário, se permanecer com essa postura, essa vontade de vencer e esse espírito de luta, conquistará muitas coisas boas e uma temporada brilhante que está por vir. E a gente tem que mostrar nossa força", argumento.

Na segunda-feira, às 17 horas, o Operário receberá a Chapecoense no Germano Kruger, em Ponta Grossa, pela 37ª e penúltima rodada.