Cumprindo tabela na Série B, Operário rescinde com cinco jogadores

Maílton, Julinho, Edson Borges, Cléo Silva e Cássio Ortega não fazem mais parte do elenco alvinegro

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 25 (AFI) - Não brigando por mais nada na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Operário já iniciou o planejamento para a próxima temporada e liberou cinco jogadores que não serão mais aproveitados pelo técnico Gerson Gusmão.

O principal nome é o de Mailton, que pertence ao Mirassol e foi o destaque o Operário na Série B. O lateral-direito teve seu nome sondado por Internacional e Athletico-PR. A lista ainda tem o lateral Julinho, o zagueiro Edson Borges e os atacantes Cléo Silva e Cássio Ortega.

Maílton foi liberado antes do último jogo pelo Operário (Foto: José Tramontin/Operário)
Maílton foi liberado antes do último jogo pelo Operário (Foto: José Tramontin/Operário)
Desses, apenas Edson Borges não estava emprestado por outro clube. O zagueiro, porém, não fazia parte dos planos de Gerson Gusmão para a próxima temporada e teve seu contrato rescindido. Outros jogadoresm devem sair após a última rodada da Série B.

"Vamos fazer uma avaliação melhor com a comissão técnica nos próximos dias para que a gente tenha um plantel muito forte em 2020, que consiga as conquistas que toda torcida deseja", disse o diretor de futebol Carlos Albuquerque.

Sem ganhar há quatro jogos, sendo três derrotas seguidas, o Operário está na décima colocação, com 49 pontos, e no sábado se despede contra o Figueirense, às 16h30, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.