Série B: Técnico do Operário comemora jogos próximos para não remoer derrota

Após ser derrotado pelo Brasil de Pelotas, por 2 a 1, o Fantasma volta a campo contra o Paraná

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 07 (AFI) - Enquanto muitos treinadores reclamam da proximidade entre um jogo e outro, Gerson Gusmão comemorou o fato do Operário enfrentar o Paraná já nesta terça-feira, três dias depois de ter perdido para o Brasil de Pelotas, por 2 a 1, em casa.

Gerson Gusmão acredita que os poucos dias entre um jogo e outro evita que o elenco fique remoendo o tropeço em casa. O lado bom é que, assim como no sábado, o Fantasma vai atuar no Germano Krüger, em Ponta Grossa. Ou seja, não precisará viajar.

O técnico Gerson Gusmão tem dois desfalques para escalar o Operário (Foto: José Tramontin/OFEC)
O técnico Gerson Gusmão tem dois desfalques para escalar o Operário (Foto: José Tramontin/OFEC)
"É ruim pelo desgaste, mas o lado bom é que você não fica 10 dias se lamentando de uma derrota. Se algum atleta não tiver condição, vamos colocar outro. Quem receber a oportunidade vai agarrar para o Operário consiga o resultado", comentou o treinador.

Gerson Gusmão tem dois desfalques para esse compromisso: o zagueiro Lázaro e o volante Jardel, que receberam o terceiro cartão amarelo. Alisson deve entrar na zaga, enquanto Revson e Gelson são as opções para o meio-campo.

Na nona colocação, com 36 pontos, o Operário deve entrar em campo assim: Rodrigo Viana; Maílton, Alisson, Rodrigo e Allan Vieira; Revson (Chicão), Índio, Cleyton e Marcelo; Felipe Augusto e Lucas Batatinha.