Série B: De olho no G4, Operário promete ser mais ofensivo fora de casa

O Fantasa tem a pior campanha como visitante e enfrenta um concorrente direto nesta terça-feira

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 23 (AFI) - O Operário vai ter um confronto direto pelas primeiras colocações nesta terça-feira, contra o Botafogo-SP, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 24ª rodada da Série B do Brasileiro. Os dois times estão empatados com 35 pontos.

Ciente da importância de um resultado positivo fora de casa para, quem sabe, entrar no G4, o técnico Gerson Gusmão promete um Operário mais ofensivo mesmo atuando em Ribeirão Preto. Isso porque o Fantasma é o pior visitante da Série B, com apenas 18,2% de aproveitamento.

O técnico Gerson Gusmão planeja um Operário mais ofensivo fora de casa (Foto: José Tramontin/Operário)
O técnico Gerson Gusmão planeja um Operário mais ofensivo fora de casa (Foto: José Tramontin/Operário)
"Chega um momento que precisa fazer algo diferente e tem que ser mais ofensivo. Precisamos melhorar o quesito de gols marcados, fazer pelo menos um gol a cada jogo. Estamos criando, mas temos que ser mais efetivos", disse o treinador.

Diante do Botafogo, Gerson Gusmão não vai poder contar com o zagueiro Alisson e o lateral-direito Maílton, que receberam o terceiro amarelo na vitória sobre a Ponte Preta, por 2 a 1. Edson Borges e Lázaro disputam a vaga na defesa. Na lateral, Danilo Báia e Fábio são as opções.

Um provável Operário para esse jogo é: Rodrigo Viana; Danilo Báia (Fábio), Lázaro (Edson Borges), Rodrigo e Allan Vieira; Jardel (Gelson), Índio e Marcelo; Cleyton (Uilliam), Lucas Batatinha e Felipe Augusto.

Com 35 pontos, o Operário está na sexta colocação. A diferença para o CRB, que abre o G4, é de apenas um ponto.