Série C: 'Tinha certeza que a gente passaria nos pênaltis', diz técnico do Operário

Treinado disse que terminou o tempo normal confiante de que conseguiria eliminar o Bragantino

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 10 (AFI) - O Operário Ferroviário venceu o Bragantino-SP nos pênaltis, na tarde do último domingo, e garantiu a classificação para a final do Campeonato Brasileiro da Série C. No tempo normal, as equipes empataram em 0 a 0 e, nos pênaltis, vitória do Fantasma por 4 a 2 no Estádio Germano Krüger. Em entrevista, o técnico Gerson Gusmão falou sobre a classificação.

“Sabíamos que o jogo seria dificílimo pela característica da equipe do Bragantino, que se fecha bem, toma poucos gols e tem um sistema defensivo muito sólido. Quanto aos pênaltis, a gente sempre tenta trabalhar muito durante a semana e não só antes de jogos que possam ter decisão nos pênaltis", disse o treinador"

"A partir do momento que acabou o jogo, eu tinha certeza que a gente passaria nos pênaltis, eu tinha uma confiança muito grande no trabalho do Simão e de todos os nossos cobradores. Nós temos um aproveitamento muito bom e jogadores com qualidade para, neste momento, ter a qualidade e a frieza para fazer o gol. Então é mérito do trabalho de todos que estão envolvidos”, completou.

Gerson Gusmão e Veiga, técnico do Bragantino. (Foto: José Tramontin / OFEC)
Gerson Gusmão e Veiga, técnico do Bragantino. (Foto: José Tramontin / OFEC)
O alvinegro de Vila Oficinas criou chances durante a partida, mas não conseguiu balançar as redes do adversário. Com as equipes já haviam empatado, também sem gols, o primeiro jogo, em Bragança Paulista, a decisão foi para os pênaltis. O goleiro Simão defendeu as cobranças de Rafael Chorão e Guilherme Mattis para garantir a classificação.

O Fantasma enfrenta o Cuiabá na final da Série C do Brasileiro. A primeira partida será no Estádio Germano Krüger e a volta na Arena Pantanal.

 
 
" />