Paulista A3: Homem forte do futebol do Olímpia critica pausa e se preocupa com verba

Mesmo com as orienteções sobre o coronavírus, o Galo seguira treinando até domingo e a diretoria vai pedir ajuda financeira para FPF

por Agência Futebol Interior

Olímpia, SP, 18 (AFI) - Apesar de ser favorável a paralisação do futebol por conta da pandemia de coronavírus, o diretor de futebol Antônio Delomodarme, o Niquinha, se mostrou preocupado com as situações financeiras do clubes, em especial do Olímpia, dentro do Campeonato Paulista da Série A3. Segundo ele, essa pausa pode comprometer as finanças da equipe.

DANI ALVES APROVEITA QUARENTENA . VEJA !

"A situação do Olímpia é a seguinte, apesar de não ter comparecido na reunião, eu mandei dois ofícios para a Federação Paulista de Futebol. O primeiro é de apoiar todas as decisões da FPF, desde que não traga desgaste financeiro pelo clube.

É uma situação delicada, precisamos nos prevenir, mas fica difícil para os clubes do interior que terão que praticamente pedir esmola para seguir vivo. Precisamos pensar nos nossos jogadores nesta pausa", disse o mandatário, que ainda completou.

Niquinha mostra despreparo e critica pausa no Paulista A3 por causa da pandemia
Niquinha mostra despreparo e critica pausa no Paulista A3 por causa da pandemia

"Estou entrando em contato com a Federação, para que eles nos ajudem a bancar o time nesta fase parada.

Acho que isso deveria ser feito com todos os times da A3, que fazem o futebol com tudo aberto.

Porque não vamos ter verbas nestes um mês ou dois que a bola pode ficar parada. Mas não temos pra onde correr, seria justo eles nos ajudar".

ATÉ DOMINGO
De qualquer forma, o dirigente olimpiense afirmou que todos os jogadores foram orientados sobre os cuidados para evitar a propagação do CODIV-19. Mesmo assim, os treinos só serão paralisadas à partir de domingo (22).

"Estamos insistindo para que os jogadores se previnam, mas os clubes não podem ser lesados. O ideal era melhor nem ter mais campeonato, ninguém descia e ninguém subia e o ano que vem pensaríamos no futebol.

Mesmo assim, achei melhor não liberar os meus jogadores por enquanto, vamos seguir treinando até domingo, vai que o campeonato volte na próxima semana, não podemos parar".