Paulista A3: Presidente do Olímpia ameaça arbitragem: "Vou contratar pra matar"

O empate com o Taboão da Serra foi o primeiro ponto conquistado pelo clube na Série A3

por Agência Futebol Interior

Olímpia, SP, 12 (AFI) – O presidente do Olímpia perdeu a cabeça após o empate por 1 a 1 com o Taboão da Serra no último domingo. Na saída do gramado, Niquinha Delomodarme ameaçou de morte o auxiliar Claudemir Donizeti Gonçalves da Silva: “um dia vai morrer árbitro aqui”. Sobrou até para Ednilson Corona, presidente da Comissão Estadual de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol: “eu já avisei o Corona que um dia vão matar árbitro aqui”.

Além de presidente do Olímpia, Niquinha Delomodarme também é vereador pelo AVANTE e presidente da Câmara dos Vereadores de Olímpia, um dos cargos públicos mais importantes na cidade. Ainda assim, ele é reconhecido por ter um temperamento explosivo e muitas vezes inconsequente. No clube, por exemplo, já trocou de treinador quatro vezes: atualmente comandando por Bira Arruda, o elenco já teve Alessandro Moreche, Vitor Mosca, Lucas Del Vecchio e Zeca Barbosa.

Presidente do Olímpia ameaça arbitragem:
Presidente do Olímpia ameaça arbitragem: "Vou contratar pra matar"
De acordo com o relato do árbitro José de Araújo Ribeiro Júnior na súmula oficial da partida contra o Taboão da Serra, Niquinha esperou o final do jogo para ‘partir pra cima’ da arbitragem: “seus vagabundo, seu bandeira de merda. Um dia vai morrer árbitro aqui”. Depois, no vestiário, o presidente do Olímpia continuou pra cima do auxiliar Claudemir Donizeti Gonçalves da Silva: “seu filho da p***! Já é a segunda vez que você vem aqui prejudicar a gente, já avisei o Corona que um dia vão matar árbitro aqui, vou contratar uns 50 negos aqui da vila para matar árbitro qualquer dia”.

O empate com o Taboão da Serra foi o primeiro ponto conquistado pelo Olímpia na Série A3. O clube é o lanterna da competição, sem nenhuma vitória em seis jogos e a pior defesa, com 11 gols sofridos.

Em 2018, na 16ª rodada da primeira fase da Série A3 do Campeonato Paulista, Claudemir Donizeti Gonçalves da Silva foi auxiliar do árbitro Rodrigo Gomes Paes Domingues no empate por 2 a 2 com o Velo Clube também no estádio Maria Tereza Breda. Ele também trabalhou na derrota por 2 a 1 para o São Carlos na 9ª rodada, só que fora de casa, no estádio Luiz Augusto de Oliveira.